quinta-feira, 25 de agosto de 2005

Kuarup homenageia Apoena Meirelles (Fonte)
Os índios Kuikuro do Alto Xingu celebraram, hoje, dia 25, um Kuarup em homenagem ao indigenista Apoena Meirelles e a três anciões da aldeia. O Kuarup é o grande ritual funerário dos povos xinguanos e encena a lenda da criação. Os mortos são representados por toras de madeira especial, plantadas no centro da aldeia, e cada família enfeita o seu "morto" e o choram um dia e uma noite.

7 comentários:

Diana disse...

Bom dia Dona Ursa....

Realmente uma grande homenagem....
Bjs....

Jôka P. disse...

Choram tanto assim !?
Que tristeza, né ?
Haja lágrima !
Bjs,
JÔKA P.
:(

Diana disse...

Dona Ursa....

Preciso do seu email....tenho um texto que gostaria que lesse....
Sou um tanto qt que totalmente lerda..rsrsrs....não encontrei...
Bjs....

Angela Ursa disse...

Jôka, esse lindo ritual demonstra o respeito e as saudades que os índios têm pelos seus entes queridos que já partiram. Beijos!!

Diana, já mandei e-mail para você, ok? Beijos!

nanbiquara disse...

É realmente um ritual bonito, onde cantam, dançam e choram.
É uma festa!
E Apoena Meirelles merece sim, foi um incansável defensor dos índios e morreu de forma estúpida!
Beijos, :).

Fred disse...

É, o Apoena Meirelles foi um dos que respeitaram e defenderam o povo dono desta terra.

Ele e muitos outros viram que eles têm uma cultura poética, muito mais evoluida que a nossa.

Abraços

Fred

Angela Ursa disse...

fred, o grande Apoena Meirelles merece mesmo esta homenagem. Abraços da Ursa