segunda-feira, 12 de setembro de 2005

5 comentários:

Jôka P. disse...

Índia URSA,
Tive uma tartaruguinha assim, quando morava na França...
Ela vinha do Brasil, provávelmente trazida clandestinamente.
Comprei em Paris, em um Pet-shop.
Viveu muito tempo, mas um dia acordei e ... babau.
Enterrei a bicha no jardim e o meu coração na curva do rio.
:(
JÔKA P.

Angela Ursa disse...

Jôka, é muito triste quando a gente perde um bichinho querido. Beijos!

nanbiquara disse...

Linda a tartaruguinha.
Dois de meus sobrinhos possuem tartaruguinhas, a Ruga (pronuciado como no final de tartaruga, não sei como escrever isso) e a Tarta.
A Ruga, inclusive, responde quando chamamos o nome dela, se falamos comida vem correndo de onde estiver e se tiver visitas e ela for retirada da varanda, fica zangada e sumida vários dias.
A Ruga entende o que se fala, com certeza!
Beijos, :).

Angela Ursa disse...

nanbiquara, que gracinhas devem ser as tartarugas dos seus sobrinhos. Adorei os nomes! Então uma delas responde quando alguém chama?! Mas que inteligente! Beijos!

Jôka P. disse...

A Cindy acabou de dar um pulo da camunha, quando ouviu o Uirapuru da floresta da Dona URSA !!!
Ela adora esse canto exótico !
:)