terça-feira, 11 de outubro de 2005

Como ser um voluntário ambiental sem sair de casa (Fonte: Portal do Voluntário )
Para ajudar a proteger o meio ambiente não precisa ser especialista. O trabalho de voluntários qualificados em caso de tragédia ambiental é importantíssimo, mas as pessoas comuns também podem contribuir para defender a natureza. E muitas vezes não precisam nem sair de casa. “Há muitas formas de ajudar a preservar o mundo em que vivemos. A internet é uma ferramenta fundamental neste caso”, afirmou o estudante de Biologia Alexandre Wandenkoken, que está desenvolvendo uma monografia sobre a vida dos golfinhos na costa do Espírito Santo.
“Ter informação é um passo importante para cuidar do planeta. Assim a pessoa sai de uma posição passiva diante da realidade e passa a agir”, disse o universitário, que é voluntário num projeto de coleta de dados sobre baleias e golfinhos.
Além de ficar informado sobre o que acontece no meio ambiente, o cidadão que quiser ajudar pode acessar alguns dos sites a seguir.
- Adote um papagaio-de-cara-roxa Clique no
site da Sociedade de Pesquisa em Vida Silvestre (SPVS) e escolha um programa de adoção, contribuindo anualmente para salvar um papagaio-de-cara-roxa (R$ 20), um casal (R$ 35), uma família (R$ 50) ou um bando (R$ 100). A espécie – Amazona brasiliensis – é nativa da Mata Atlântica do Sul de São Paulo e norte do Paraná e está ameaçada pela perda de habitat e captura para tráfico internacional. Cada adoção corresponde a um kit de brindes que inclui cartilhas, adesivos, jornais, bonés e camisetas.
- Doe uma árvore Pelo Clickarvore, da Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Vidágua, qualquer pessoa pode doar árvores para recuperar a Mata Atlântica. O internauta pode fazer uma nova doação a cada 24 horas e o plantio será financiado pelo patrocinador.
- Denuncie agressões ao meio ambiente O
Guia de Denúncias - Agressões ao Meio Ambiente: Como e a Quem Recorrer, da SOS Mata Atlântica, ensina como encaminhar uma denúncia às instituições responsáveis.
- Alerta Mangue Campanha da Sociedade Nordestina de Ecologia contra projeto de lei que tramita no Senado, que propõe a supressão de 10% dos manguezais do Brasil para a implantação de fazendas da camarão.
- SOS Florestas Campanha de ONGs em favor de proposta de reforma do Cógido Florestal, que garante a proteção das florestas. Participe pelos sites do Instituto Socioambiental, WWF ou Inesc.
- Linha Verde do IBAMA Denuncie crimes ambientais, queimadas, desmatamentos ou obras de grande impacto ambiental pela homepage do IBAMA ou pelo telefone 0800 61 8080.
- Não ao tráfico de animais silvestres Denuncie o comércio ilegal de animais silvestres através da homepage da Renctas.
- Produtos ecologicamente corretos Lojinha virtual de camisetas, brindes, livros e vídeos ambientais do Fundo Mundial para a Natureza,
WWF.
Livraria virtual do Instituto Socioambiental.
E-cards: cartões virtuais gratuitos, cujo envio reverte em doações para as entidades ambientalistas internacionais WWF e The Nature Conservancy.
Eco Mall: Shopping virtual de produtos ecologicamente corretos e central de campanhas ambientalistas.
- Proteção às nascentes do Rio Xingu Campanha do Instituto Socioambiental contra a exploração irracional de recursos naturais nas nascentes do Xingu.
Cadastre-se na homepage do
ISA.
- Salve as tartarugas marinhas Denuncie maus tratos ou capturas ilegais de tartarugas marinhas pelo email protamar@e-net.com.br ou pelo telefone (71) 876-1113.
- Salve os mamíferos aquáticos Comunicados sobre bebês peixe-boi encalhados na areia ou mamíferos marinhos (focas, leões marinhos, lobos marinhos, golfinhos, baleias) encontrados fora de seu habitat. No Nordeste, mande um email para peixeboi@elogica.com.br ou ligue para (81) 544-1056. No Rio Grande do Sul, mande um email para nema@super.furg.br. Mais informações estão disponíveis no site: www.jornaldomeioambiente.com.br

13 comentários:

Taia disse...

Gostei dos links, vou visitá-los com certeza. Vou contar o que faço. Denuncio lojas que vendem animais, sempre que vejo uma com um animal que pra mim não poderia estar ali eu denuncio. Infelizmente tive que fazer isso umas 5 vezes, queria não ser preciso. Ligo para o disque denúncia sempre que vejo os imbecis soltarem balão. No bairro que moro tem várias turmas de baloeiros, não admito isso. Levo saco para lixo na praia e ensino aos meus sobrinhos sobre jogar lixo no chão, no mar, na areia, enfim, a serem educados e a respeitar a natureza. Acho que é uma parte bacana e se posso fazer eu faço. Um grande beijo!

Diana disse...

Bom dia.....

Todos anotadas pra futuras visitas....
Bjs....

Jôka P. disse...

Não sou super-herói, Ursa.
Nem super e nem herói.
Eu já morri dezenas de vezes. Muitas mesmo.
Morre-se muito durante uma vida.
E de amor morri muito.
A vida recomeça todos os dias. Essa linha que estou escrevendo agora, já escrevi, você já leu, acabou.

Ferreira Gullar disse, por alto:

A vida é uma invenção, você escolhe se quer fazer dela uma coisa alegre ou se prefere que seja uma droga.

A vida só é possível se reinventada.

Porque não existe a vida, existe o caos, que você monta como achar melhor.

Eu não posso passar a vida toda dizendo adeus.
:(
JÔKA P.

Angela Ursa disse...

Renata, parabéns pelas suas atitudes de proteção da natureza e dos animais! Beijos da Ursa

Diana, obrigada! Vale a pena conhecer sim esses trabalhos voluntários. Beijos!

Querido Jôka,
O que houve? Você está triste?! Quando eu disse que você era um super-herói, foi no sentido de ser super amigo, uma pessoa cheia de coisas boas e bonitas, que nós admiramos e gostamos muito, viu? Beijos da Ursa preocupada

Jôka P. disse...

I´ll survive !
:)
...seu e-mail não chegou aqui.

Palpiteira disse...

Muito legal, dona Ursa.
Obrigada pela torcida, viu? Tá tudo dando certinho por aqui. :)
Beijão. Bom feriado.

Angela Ursa disse...

Jôka, enviei outro e-mail agora com cópia do anterior através do meu correio do Gmail. Verifica se o seu filtro de correio não jogou na lixeira. Beijos!

Amiga palpiteira, que ótimo saber que está tudo bem!! Beijos e bom feriado também para você!

nanbiquara disse...

Links interessantes.
Esse blog está agora de verdadeira utilidade pública.
Parabéns!
Beijos, :).

Angela Ursa disse...

Amiga nanbiquara, obrigada pelos elogios à floresta! Beijos!

Saramar disse...

Oi, Ursa, minha professora, boa noite.
Importantíssimo esse post. Alguns dos links, eu já conheço, participo das campanhas e divulgo sempre (participo do Greenpeace, há uns dois meses). Mas, você me permitiria copiar os endereços para o meu blog de política?
Beijos.
P.S. Por falar em Greenpeace, gostaria muito de saber sua opinião sobre essa entidade.
Obrigada.
P.P.S. O meu marido também,(que detesta a net) todo dia está ouvindo o "nosso passarinho".
Beijos
Boa noite

Angela Ursa disse...

Amiga saramar, obrigada pelo "professora", mas eu me considero apenas uma aprendiz da cultura indígena. As informações que coloco aqui na floresta são obtidas através de pesquisa na internet. Fico feliz de saber que seu marido também gosta do canto do uirapuru e que o pássaro recebe a visita de vocês dois com tanto carinho :))
Quanto ao Greenpeace, apoio e admiro muito as ações que eles fazem em defesa da nossa natureza. No quadro à direita da minha página tem um link para o Greenpeace Brasil. Pode usar os links daqui à vontade, viu? Beijos!!

Lia Noronha disse...

Ursa: temos que nos aliar nesta luta que interessa a todos!!!
A natureza precisa de ajuda urgente!
Adorei os links...vc é uma pessoa abençoada.
Bom feriado e beijos bem carinhosos.

Angela Ursa disse...

Amiga Lia, agradeço o seu apoio e carinho :)) Se cada um ajudar a preservar a nossa natureza da forma que puder, já é uma grande coisa! Beijos!