domingo, 27 de novembro de 2005

A lenda de tamba-tajá (Fonte)
A planta amazônica Tamba-tajá é considerada sagrada pelos índios da região, pela lenda que envolve, segundo a qual um índio macuxi carregava sempre às suas costas uma índia paralítica, por quem era perdidamente apaixonado. Certa vez, os dois foram surpreendidos por uma tribo inimiga, sendo perseguidos. Escaparam, refugiando-se em um igarapé, quando o índio percebeu que sua amada havia morrido. Não vendo mais sentido em continuar a viver, fez uma cova e enterrou-se juntamente com seu grande amor. Dias depois, em noite de lua cheia, nasceu no lugar o Tamba-tajá.

7 comentários:

Janaina Staciarini disse...

Você conhece a música, Tamba-tajá? A letra é lindíssima... eu tenho em CD com a Inezita Barroso. Se você não conhecer e quiser, eu te mando. Um beijo!!

Angela Ursa disse...

Oi, Janaína! Eu gosto de músicas sertanejas cantadas pela Inezita Barroso, mas conheço poucas. Nunca ouvi essa da tamba-tajá. Se você puder me enviar, eu agradeço. Muito obrigada! Beijos da Ursa! :))

Taia disse...

Verdadeiro Romeu e Julieta das florestas...
Beijão Angela!

luciane disse...

Oi, Angela. Tenho uma dessas aqui em casa. Não sabia nem que era brasileira. E essa lenda tão triste então... ai, ai.
Beijo pra ti.

Angela Ursa disse...

Renata, é verdade, lembra mesmo a história de Romeu e Julieta! :)) Beijos!

Luciane, a sua tamba-tajá se adaptou fácil no local onde foi plantada? Queria saber se ela é uma planta resistente às variações climáticas. Beijos da Ursa!

luciane disse...

Ursa, o tamba-tajá aqui chama-se kaladium. Tenho plantada em um vaso perto da janela e é muito fácil de cuidar, sem frescura nenhuma, mas não dá pra deixar do lado de fora da casa porque o frio é muuuuito. Me disseram, não sei se é verdade, pra que eu tivesse cuidado para não deixar ao alcance dos gatos (tenho 2), pois as folhas seriam venenosas.
Abraço

Angela Ursa disse...

Luciane, descobri que existe um tipo de tajá que é venenoso, é o
tajá-piranga, de coloração vermelha. Pelo que li há diversos tipos dessa planta. Beijos da Ursa!