quarta-feira, 2 de novembro de 2005

Peça: Máscara "Cara Grande" nome indígena: Ypé. Material: madeira emplumada e madrepérola feito por índios: Tapirapé Local: norte do Mato Grosso
Peça: Máscara do Espírito Euéxu. Material: palha de buriti feito por índios: Yawalapiti. Outros nomes/grafias: Iaualapiti. Local: Parque do Xingu - Mato Grosso (Fonte das imagens: site Iandé Arte com História )

Pensamento Indígena
(Para conhecer outros pensamentos visite o site Iandé Arte com Hístória )
- "No dia em que não houver lugar para o índio no mundo, não haverá lugar para ninguém."
(Aílton Krenak ; do povo Krenak, de Minas Gerais)
- "Você vai me dizer: o índio tá falando mas é selvagem; selvagem é vocês, milhares de anos estudando e nunca aprenderam a ser civilização. Pra que você está estudando ? Pra destruir a Natureza e no fim destruir a própria vida ?" (José Luiz Xavante)
- "Eu lutei, mas a guerra não é necessária, não resolve nada. Guerra é coisa de gente cabeça dura que, mesmo com estudo, não pensa. O que resolve é o amor." (Aurélio Jorge Terena; índio do povo Terena, que lutou pelo Exército Brasileiro na Itália, durante a II Guerra Mundial)
- "Nós os índios, sempre cantamos e dançamos nas nossas cantorias, como forma de manter a unidade do nosso povo e a alegria da comunidade. Se a gente cantar e dançar, nós nunca vamos acabar." (Verônica Tembé; líder da aldeia Tekohaw, do povo Tembé)
- "Para nós indígenas, a palavra é de grande valor. É através das histórias contadas pelos mais velhos que mantemos viva a nossa identidade e firme a memória da nossa história, o uso e o cuidado com a nossa terra sagrada. Mas, descobrimos nesses 500 anos de colonização que para os não-índios a palavra não vale nada." (Carta do Ororubá; IV Assembléia Geral do povo Xukuru do Ororubá)
- "Queremos que a floresta permaneça silenciosa, que o céu continue claro, que a escuridão da noite caia realmente e que se possam ver as estrelas. As terras dos brancos estão contaminadas, estão cobertas de uma fumaça-epidemia xawara que se estendeu muito alto no peito do céu. Essa fumaça se dirige para nós, mas ainda não chega lá, pois o espírito celeste Hutukarari a repele ainda, sem descanso. Acima de nossa floresta o céu ainda é claro, pois não faz muito tempo que os brancos se aproximaram de nós. Mas bem mais tarde, quando eu estiver morto, talvez essa fumaça aumente a ponto de estender a escuridão sobre a terra e de apagar o sol. Os brancos nunca pensam nessas coisas que os xamãs conhecem, é por isso que eles não têm medo. Seu pensamento está cheio de esquecimento. Eles continuam a fixá-lo sem descanso em suas mercadorias, como se fossem suas namoradas." (Davi Yanomami ; pajé e líder do povo Yanomami)
- Sobre o homem branco: "O mundo deles é quadrado, eles moram em casas que parecem caixas, trabalham dentro de outras caixas, e para irem de uma caixa à outra, entram em caixas que andam. Eles vêem tudo separado, porque são o Povo das Caixas...." (frase de um pajé do povo Kaingang, recolhida por Lúcia Fernanda Kaingang)
- "Não compreendemos por que uma filha dos Kaingang precisa estudar leis escritas e aprender saberes que não são nossos. O que você precisa saber que nossos velhos não podem lhe ensinar ? O que se pode aprender de um Povo que não respeita seus anciãos e abandona suas crianças ? Para que irá um Kaingang estudar leis feitas por estranhos, leis que eles mesmos não cumprem ? Não! Nunca compreenderemos que a lei não seja conhecida por todos, porque nossas leis não são escritas, mas são cumpridas porque são sagradas." (frase de líderes do povo Kaingang registradas em 1995 por Lúcia Kaingang, advogada indígena, quando decidiu estudar Direito).
- "Eu acho que o branco vai resolver problema do branco. Quem vai resolver meu problema é eu." (Raoni ; líder do povo Caiapó)

5 comentários:

Lia Noronha disse...

Ursa : que maravilha chegar aqui na Floresta e poder desfrutar desse infinito
rio de sabedoria...beijinhos e mais beijinhos pra vc.

Saramar disse...

Angela Ursa, boa tarde.

Lindo post. As fotos estão maravilhosas. As peças são tão lindas que tiram o fôlego.
As citações são motivo para reflexão. Quanta poesia e sapiência. Esse trecho "seus pensamentos estou cheios de esquecimento..." é realmente de uma profundidade imensa, sem contar a beleza.
Obrigada

Beijos

nanbiquara disse...

Lindo, que colorido deslumbrante.
Beijos, :).

Margaret Dal-Ri disse...

Ursa
Fechamos os olhos e quando abrimos ,aqui esta vc nos trazendo sabedoria.Ou não é sabedoria indígena eles dizerem que "selvagens somos nós que não aprendemos a ser civilizados".Ou quando dizem que somos "o povo das caixas", que as leis deles não são escritas!O homem tem muito a aprender com os índios,mas não quer.

Angela Ursa disse...

Amigas Lia, Saramar, nanbiquara e Margaret, os índios são cheios de sabedoria e têm muito o que nos ensinar. Beijos!