segunda-feira, 10 de abril de 2006

Durante as filmagens de "Villa-Lobos - Uma Vida de Paixão"

Filme "Villa-Lobos - Uma Vida de Paixão" (Fonte)

Diretor: Zelito Viana
Elenco:
Antônio Fagundes Marcos Palmeira Letícia Spiller Marieta Severo Ana Beatriz José Wilker Emílio de Mello Ilya São Paulo
Equipe técnica:
Walter Carvalho Eduardo Escorel Paulo Moura Marcos Flaksman Marcelo Tas Silvio Barbato Joaquim Assis
Sinopse
Villa-Lobos prepara-se para um concerto de gala no Teatro Municipal onde será homenageado. É a última vez que o Maestro sai de casa. Durante o concerto, são evocadas lembranças de sua vida, que saltam no tempo e no espaço e utilizam a música como elemento dramático fundamental.
Neste percurso emocional ao passado, Villa-Lobos confronta a violência do pai, o peso da tristeza materna, o desencontro afetivo com Lucília, sua primeira mulher, a impossibilidade de ter filhos, a rejeição de sua arte num meio cultural colonizado, o fracasso e a falta de dinheiro, a doença e a mutilação, o medo de perder Mindinha - seu grande amor - o abismo entre a genialidade e a loucura. Aos poucos, o personagem define-se em toda a sua complexidade: enérgico e frágil, simples e megalômano, amoroso e egocêntrico, genial e ingênuo.
VILLA-LOBOS - UMA VIDA DE PAIXÃO narra a história de um homem aventureiro e intuitivo que amava sua terra. Antes de tudo, um brasileiro que lutou muito para manter-se fiel a si próprio e às suas raízes. Sua música é um retrato de sua paixão pelo Brasil.

Da Trilha Sonora
Parte da Bachianas 5 (disponível para download 586 kb)
Música 13 - Trenzinho do Caipira (disponível para download 199 kb)

9 comentários:

Daia disse...

Oi, amiga.
Colocando a leitura em dia.
Villa - Lobos: esse é um filme que, com certeza, irei ver!
Beijos. :)

Ps.: Nanbiquara e Ursa têm que procurar um Pajé! Uma sem monitor, outra sem PC!?!

Angela Ursa disse...

Daia, é verdade, a Ursa vai pedir ajuda a um pajé para solucionar esse mistério dos computadores com problema ;)) Beijos!

Taia disse...

Eu ia falar o mesmo que a Daia, precisam de um pajé, dos bons!
E fiquei muito interessada no filme, deve ser lindo!
Angela, fui ao Itanhangá, aqui no Rio, e em uma daquelas "pequenas" mansões, vi 2 araras vermelhas, presas dentro de uma gaiola redonda.
Sabe aquelas gaiolas redondas de pé?
Me cortou o coração.
Queria denunciar. Liguei para a secretaria de proteção aos animais mas eles até agora nada fizeram.
Onde recorrer?
Tenho o nome do condomínio, o número da casa.
Me informaram que se elas forem legalizadas nada pode acontecer. Mas mesmo elas estando numa gaiola tão pequena que mal dá para se virarem?
Beijos indignados!

Jôka P. disse...

Agora a gente já sabe como vai ser o Marcos Palmeira mais velho.
A cara do pai, o Zelito.
:D
Bjs!
JÔKA P.

Diana disse...

Bom dia.....

Ahhhh....to na fila....
Bjs....

Matilda Penna disse...

Um bom roteiro, filmes com nossas histórias e coisas deviam ser em maior número, quando nada para aprender sobre nós mesmos.
Taia e Daia, a Ursa providencia o Pajé e eu uma Mãe de Santo, com uma dupla dessas, nada deve atrapalhar, certo?
Beijos e já estou meio de volta, falta ajustar a máquinária toda, :).

Janaina Staciarini disse...

Amei o filme...

Daia disse...

Procurei o filme em dvd na locadora aqui perto.
Como não tinha (sniff!), ficaram de procurar se tem em alguma locadora da rede. Caso contrário, só comprando...
Beijos.:)

Angela Ursa disse...

Fada Renata, enviei um e-mail para você com os links de dois sites contendo informações sobre denúncia de maus-tratos aos animais. A Ursa agradece o seu apoio em defesa dessas araras aprisionadas. Beijos!!

Jôka, nesse caso, o ditado deu certo: tal pai, tal filho ;)) Beijos!!

Diana e Janaína, eu ainda não vi o filme. Achei essas informações na internet e fiquei morrendo de vontade de assistir. Vou procurar o DVD na locador. Beijos!

Nanbiquara, que bom que você está de volta! Essa força espiritual do pajé junto com o pai de santo vai proteger mesmo!! Beijos da Ursa

Daia, será que não tem esse DVD nas locadoras?? Eu ainda não procurei por aqui, porque moro num bairro afastado do comércio. Mas depois, vou ver se encontro. Beijos!