quarta-feira, 10 de maio de 2006

Coral Infantil - Aldeia de Pindoty/SP (Imagem registrada por Luíz Euzébio, cacique da aldeia de Pindoty/SP, representando seus familiares e o cotidiano da comunidade. São imagens registradas em um Olympus Trip e filmes coloridos de 400 ASA.
__________________________________
Clique aqui para ouvir "Nhanerãmoi'i karai poty"

8 comentários:

GENÁ FRANCO disse...

Angela,
já linkei vc há algum tempo atrás em um dos meus "enésimos" blogs, como diz o Jôka. Mas vc mudou tudo por aqui.
Obrigada pela visita. E desculpe-me. Nunca nos falamos, mas vc é uma querida. Leio seus comentários no "Avenida Copacabana". Beijão.

Jôka P. disse...

Que bom ver as meninas se reunindo na tribo da Dona Ursa !!!

Tom, um ser diferente... disse...

Olá Angela! Muito obrigado pela sua visita ao meu blog.
Gostei muito do seu também, principalmente pela causa mais do que nobre e pela bandeira que você levanta à favor dos povos indígenas e da nossa natureza.
Vou virar um indiozinho toda vez que entrar nessa sua floresta e conferir de perto todos os seus textos.
Sobre o "post" de hoje, achei lindo o coral de indiazinhas, pena que podemos perceber a influência dos "cara-pálidas" com relação as vestimentas usadas por elas!
Mas é o resultado da invasão do homem branco a essas culturas, não é mesmo?
Forte abraço!
Tom

Márcia(clarinha) disse...

Que espetáculo minha querida, amei!!
Bonito de ver gostoso de ouvir.
lindo dia,
beijossssssssss

Angela Ursa disse...

Eugênia, seja bem-vinda! A Floresta-casa é sua! Sirva-se de um chazinho! :)) Beijos da Ursa

Jôka, preparei um lanche especial para os novos visitantes da floresta e para todos os queridos amigos. Tem bolinhos de mandioca para você com chá! :)) Beijos carinhosos!

Olá, Tom! Então você vai virar um índio quando entrar na Floresta. Seja bem-vindo à tribo! :)) Beijos da Ursa!

Márcia Clarinha, esse coral infantil é lindo mesmo! Beijos e carinho da Ursa :))

Matilda Penna disse...

Como sempre, adorei a música, adoro esses cantos indígenas, o ritmo, o som das palavras.
Dentro de mim mora uma índia, só pode!
Beijos, :).

Daia disse...

Oi, amiga.
Lembrou-me o CD rai Retxa Kã Marae'y (Cantos da Sabedoria Sagrada Infinita), o primeiro CD indígena do Espírito Santo, que
foi gravado por um coral de 21 crianças e adolescentes.
Muito lindo.
Beijos.

Angela Ursa disse...

O nome Nanbiquara já mostra o seu lado índio ;)) Beijos e seja bem-vinda sempre na tribo!

Daia, que título bonito tem esse CD indígena do ES! Beijos da Ursa