segunda-feira, 4 de setembro de 2006

A Phyllomedusa oreades - conhecida como perereca do cerrado (Fonte da imagem)

Perereca do cerrado pode trazer cura para doença de Chagas

da Revista da Folha

Como qualquer perereca genérica, a Phyllomedusa oreades é verde e tem olhos saltados. Caçula de uma família com mais de 700 espécies, vive nas terras altas do Planalto Central e se destaca no gênero pelo colorido nos flancos do corpinho, forma da cabeça e vocalização.
Mas o que fez da criatura de 3 cm uma celebridade instantânea e um ícone contra a biopirataria foi a substância encontrada em sua pele: testes in vitro mostraram que ela mata o parasita causador da doença de Chagas, sem danificar outras células do sangue. "A Chagas não tem cura, e 4 milhões sofrem da doença no Brasil", lembra Reuber Brandão, pesquisador que descreveu a espécie, quatro anos atrás.
Doutor em ecologia pela UnB e analista do Ibama, ele explica que os anfíbios são importantes indicadores de qualidade dos ecossistemas e que passam por extinção em diversas partes do mundo. "O cerrado está sendo rapidamente convertido em monoculturas e pastagens. Estimativas calculam que, em menos de 30 anos, esse bioma não existirá mais, exceto em unidades de preservação."

7 comentários:

Taia disse...

Vi ali ao lado a foto da sua "filha" de 4 patas. Linda. Deve estar com meu Veludo, brincando agora.
São uns danados eles...
Perereca, ai que nervoso!
são nojentinhas né?
Tomara que a pesquisa avance e ache logo a cura para a doença de chagas e muitas outrs.
Acho que nossa saúde está lá, nas tribos, na amazõnia, nos povos antigos...
Beijo.

Matilda Penna disse...

Em menos de trinta anos vão sumir? Isso é grave, destrói, destrói e depois? Como ficará, não?
Preservação já na perereca do cerrado, que, além de salvar vidas, é bem bonitinha, adorei o colorido lateral dela.
Beijos, :).

Angela Ursa disse...

Fada Renata, a minha "filha" de quatro patas, Rada, agora mora na Floresta da Ursa. E o seu Veludo vem muito passear por aqui junto com ela, viu? ;)) Beijos e carinho da Ursa

Nambiquara, essa perereca é bem simpática sim! E que importância ela tem para a saúde!! Beijos da Ursa

Angela Ursa disse...

Nambiquara, esqueci de comentar sobre a previsão de desaparecimento do bioma do cerrado. Também fiquei arrepiada de susto! 30 anos é muito pouco! E cadê as alternativas para evitar essa catástrofe??!! Beijos

Jôka P. disse...

A perereca da vizinha tá presa na gaiola ?
Xô, perereca, xô !

Márcia(clarinha) disse...

Que esses abnegados cientistas descubram bem rápido a cura para essa doença.
Bonitinha ela,rssss
Linda noite querida,
beijosssssssssss

Angela Ursa disse...

Jôka, amei o tópico do sonho no Avenida!! Ele se tornou "realidade"! Beijos floridos da Ursa! :))
PS: Eu me lembro da Dercy Gonçalves cantando essa música da perereca. Era muito engraçada!

Márcia Clarinha, é um grande avanço essa descoberta! Beijos da Ursa