domingo, 25 de março de 2007

Pau-brasil (Fonte da imagem: Clube da Semente do Brasil)

Pau-Brasil Um pouco de sua história..... (Fonte)
Nome popular: Pau-brasil, Ibirapitanga, Pau-vermelho, Ibirapiranga, Arabutã, Brasileto, Araboretam, Pau-de-pernambuco
Nome científico: Caesalpinia echinata Lam. Leguminosae
Ocorrência: Matas costeiras (Mata Atlântica), do Rio Grande do Norte ao Rio de Janeiro.
Utilidade: Sua madeira é muito pesada, dura e muito resistente. É empregada atualmente somente na confecção de arcos de violinos. É uma árvore de porte elegante, copa arredondada, folhas verde-escuras brilhantes, flores em cacho amarelo-ouro, ótima para uso paisagístico.
Floração: As flores de cor amarelo-ouro , florescem a partir do final de setembro, prolongando-se até meados de outubro.
Frutificação: Os frutos amadurecem nos meses de novembro-janeiro.


Muito utilizada por nossos índios para o tingimento de tecidos, os portugueses logo descobriram nessa espécie uma riqueza inesgotável. Além do pigmento vermelho intenso extraído do cerne e conhecido como "brasileína", utilizado como corante e tinta de escrever, o pau-brasil também foi muito utilizado na construção naval e civil e em trabalhos de torno e marcenaria de luxo.
Ao longo da história diversas leis foram criadas para o controle da extração do pau-brasil, não com a finalidade de proteger nossas florestas, mas sim, de evitar a saída demasiada dessa riqueza e também de manter seu preço elevado. Essas leis que deram origem ao termo "madeira de lei".
Em 1978 por meio da lei n.º6607 de 7/12/1978 o pau-brasil foi declarado oficialmente como árvore símbolo nacional e foi instituído o dia 03 de maio como o dia do pau-brasil.
Está na lista das espécies ameaçadas de extinção.

8 comentários:

Matilda Penna disse...

E pau-brasil é uma árvore linda.
Numa das casas que eu tive plantei duas na frente, duas mudas, enquanto morei na casa cuidei com todo carinho delas, ficaram grandinhas, lindas, vendi a casa e o novo dono as arrancou, arrancou, acredita? Soube que ele disse que caiam muitas folhas, tinha que varrer sempre, davam muito trabalho...
Deu uma tristeza grande, plantei com tanto gosto, plantei por ser pau-brasil, por estarem quase extintas, enfim...
Beijos, :).

Angela Ursa disse...

Que coisa, Nanbiquara! Uma árvore ameaçada de extinção e o novo dono da sua casa mandou arrancar. Beijos da Ursa

Maria Clarinda disse...

è assim, o homem não olha a meios para conseguir seus fins...um pau brasil arrancado!...
Angela mais um post para eu imprimir, ler e guardar.
Õbrigada.
Jinhos

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Dedico-lhe este poema magnífico da autora “Maria Petronilho”
Com uma bela semana...

Deixar Passar a Poesia

Abrir a voz.
Deixar passar a transparência
Como quem quer matar a sede

Na fonte a mão escorrendo água...

Do livro: Nas Asas do Mar

Beijinhos
ConceiçãoB
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Daniela Mann disse...

Angela, desculpe o sumiço, mas tenho andado quase sem tempo nem para actualizar o meu blog!UF!
Um abraço muito amigo da Daniela

DE-PROPOSITO disse...

Estive por aqui.
E adorei os ensinamentos, embora o nome dessa madeira fosse divulgado na história dos descobrimentos.
Fica bem.
e a felicidade juntinho de ti.
Manuel

Angela Ursa disse...

Maria Clarinda, pois é, as pessoas fazem coisas de forma imediata, sem pensar além. Beijos da Ursa!

Conceição, muito obrigada pelo poema! Beijos da Ursa :))

Daniela, que bom receber sua visita! Beijos :))

Manoel, este tópico sobre o pau-brasil foi para lembrar que essa importante árvore está ameaçada de extinção. Beijos! :))

Jôka P. disse...

Existe uma produtora de filmes porno-G nacionais que se chama Pau Brasil.