sábado, 16 de junho de 2007


Assim como seres humanos e cães, baratas aprendem
(Fonte: Estadão )

Pesquisa sugere que baratas podem ser treinadas pelo método de Pavlov
Reuters

HONG KONG - Baratas têm memória e podem ser treinadas para salivar em resposta a estímulos, da mesma forma que cães fizeram quando o famoso cientista russo Pavlov tocava um sino, disseram pesquisadores japoneses.
Tal "condicionamento" só pode acontecer se existe memória e aprendizado. A resposta de salivação só havia sido anteriormente provada em seres humanos e cachorros.
Em artigo na mais recente edição da publicação online Public Library of Science, os pesquisadores disseram esperar saber mais sobre o cérebro humano com a exploração do que acontece em um cérebro mais simples, como o da barata. O artigo está disponível no endereço http://www.plosone.org/doi/pone.0000529.
No experimento, os cientistas expuseram um grupo de baratas a um odor sempre que as alimentavam com um solução de açúcar. Mais tarde, quando elas eram expostas somente ao odor, ainda assim salivavam.
Outro grupo de baratas foi alimentado com uma solução de açúcar sem odor e a exposição ao odor, depois, não levou a uma mudança na quantidade de saliva produzida.
Nos anos 1890 e 1890, o médico russo Ivan Petrovich Pavlov conduziu uma pesquisa com cachorros que ficou conhecida como "condicionamento clássico".
Ele usou sinos para chamar cachorros para se alimentar e, depois de algumas repetições, os cães começaram a salivar em resposta somente ao sino.

6 comentários:

Jôka P. disse...

Que BARATO !!!

BRUNO LEONARDO disse...

oi,linda
Artigo interessante,mas prefiro que elas fiquem longe...Não tenho paci~encia com baratas...mato-as toda!rs
Bjs

Angela Ursa disse...

Jôka, gostei do trocadilho! :)) As baratas ainda vão dominar o mundo! (risos) Beijos floridos!

Bruno, eu também tenho horror a baratas. Mas o pior é que elas são muito resistentes e proliferam mais que coelho. Beijos!!

ana de toledo disse...

Ai Ângela... não tenho medo de cobra nem de aranhas (que eu amo!) ratos nada! mas cascudona nem com "flit" na mão!! Tenho que chamar vizinho, marido, porteiro... é um vexame! Fico paralizada!
beijos

Angela Ursa disse...

Ana, eu também tenho pavor de baratas cascudas. Eu corro delas e elas vêm atrás de mim (risos). Só mato à distância, acerto elas com a ponta da vassoura. Beijos!

Maria Clarinda disse...

Olá Amiga!!!Tenho vindo aqui todos os dias, mas só hoje consegui que o comentário entrasse, não sei o que se estava a passar. Tenho adorado e continuado a aprender tdo o que tens escrito.
Obrigada.
Jinhos mil.