quarta-feira, 20 de junho de 2007

Manifestação contra queimadas realizada na Av. Amando de Barros, Botucatu-SP

Campanhas Contra Queimadas 2007
IV Manifestação Pública contra queimadas rurais e urbanas

(Fonte: site da ONG SOS Cuesta de Botucatu, SP)

Sobreviver ao aquecimento do planeta será o maior desafio que a população humana enfrentará nas próximas décadas.

A população botucatuense tem o hábito de usar o fogo indiscriminadamente para a limpeza de terrenos não edificados em áreas rurais e urbanas causando prejuízos em todas as áreas sejam ambientais, sociais ou econômicas, uma vez que o fogo afeta diretamente a físico química do solo; reduz a biodiversidade; a fumaça deteriora a qualidade do ar, prejudica a saúde e atua nas mudanças climáticas tanto no fenômeno do efeito estufa quanto na destruição da camada de ozônio. Como agravante, Botucatu enfrentará a expansão das áreas de plantio de cana de açúcar por todo o seu território e conseqüentemente enfrentará os transtornos causados pela queima da palha da cana no período da colheita.
Diante desta realidade, a Ong S.O.S Cuesta de Botucatu, e outras 29 entidades do Fórum Local de Desenvolvimento Sustentável, vêm trabalhando no combate e prevenção de queimadas rurais e urbanas. As ações deste ano se iniciaram com a revisão da Lei Municipal 4.446/03 que proíbe todos os tipos de queimada no município, inclusive a queima da palha da cana. Também estamos lutando para que o poder público crie instrumentos para haja uma fiscalização efetiva e aplicação de multa aos infratores. Sabemos que só isso não basta para erradicar as queimadas e sem dúvida alguma, uma campanha de educação ambiental, voltada para a sensibilização da população e conseqüente mudança de hábitos do cotidiano se faz necessário em caráter de extrema urgência.
Para atingir este objetivo, pretendemos convidar a população para participar da IV Mobilização Popular Contra Queimadas Rurais e Urbanas e mostrar de maneira pacífica e bem humorada, o quanto ficamos insatisfeitos quando Botucatu pega fogo.
Durante os meses do outono e inverno de 2007, a Ong realizará vários eventos com o objetivo de chamar a atenção da população e propor mudanças de hábitos cotidianos.

4 comentários:

luma disse...

Além das prefeituras e população, acho que as empresas, das pequenas às grandes também deveriam se conscientizar.
Bom fim de semana! Beijus,
Luma

Taia disse...

SAUDADES!!!!!!!!!!!!!!
Meu pc ta uma porcaria em casa e aqui no trabalho quase não abre os blogs, aproveitei que hoje ele deixou e vim correndo te deixar um beijo.
Obrigada Angela pelo seu carinho de sempre.
Beijo enorme.

Janaina de Almeida disse...

Fico com dó de um animal tão bonito como o boto rosa estar perto da extinção com alguns seres humanos também...
Beijos.

Angela Ursa disse...

Luma, concordo totalmente com você. Quanto mais gente ajudar melhor!! Beijos :))

Fada Renata, seja bem-vinda!! Seu micro ainda está dando problemas na navegação? Que coisa! Eu também estava com saudades. Beijos floridos da Ursa :))

Janaína, os animais estão indefesos diante da destruição causada pelo homem. Dá muita indignação e tristeza. Beijos da Ursa