sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Raladores de mandioca, índios Wai Wai, rio Mapuera, Pará

A origem do Amendoim, segundo os índios Macurap
(Fonte: boletim Iandé)
Doinmã era um menino pequeno. Ele fazia cocô de amendoim. Não saía bosta, saía amendoim mesmo.
Ele gritava para sua mãe: "Mãe, estou com vontade de fazer cocô". Aí a mãe lhe dava uma panela de barro, Doinmã sentava e enchia de amendoim.
A mãe cozinhava aquele amendoim para todos.
Um dia a mãe saiu e deixou o menino com seu tio. O menino gritou: "Tio, quero fazer cocô"
- "Vá lá fora" - disse o tio
Mas o menino pegou a panela e fez seu amendoim ali mesmo. O tio ficou com raiva ao descobrir de onde vinha o amendoim e bateu no menino. Bateu tanto que a criança morreu.
Mas depois acabou pegando de novo a criança e mandou-a ressuscitar, para aumentar o número de pessoas.

Para saber mais:
- Terra Grávida; de Betty Mindlin e narradores indígenas (a história "O amendoim", resumida acima, foi contada por Überiká Sapé Macurap e traduzida por Biweiniká Atiré Macurap)

6 comentários:

Jôka P. disse...

Esses raladores domésticos são lindos e bem que poderiam perfeitamente estar na parede de uma Galeria de Arte !
Bjs!

Matilda Penna disse...

Bonitos os raladores, gostei dos tons.
Gostei também da lenda do amendoim, interessante mesmo.
Beijos, :).

Gená Franco disse...

Fui l� no site para ver mais ... lindos raladores.
Bjs!

Angela Ursa disse...

Jôka, é verdade, são verdadeiras obras-de-arte! Beijos da Ursa :))

Nanbiquara e Gená, os raladores que a gente ficam humilhados perto desses. Beijos da Ursa :))

Janaina de Almeida disse...

A lenda do amendoim é ótima, sou adoradora inveterada de amendoim.
Esses raladores dá até pena de usá-los.Beijos floridos.

Cristiano disse...

Não me ajudou e eu achei meio nojento