sexta-feira, 2 de novembro de 2007

(Fonte da imagem)


Reciclagem e economia

(Fonte: site Radiobras )

A adoção de medidas recicláveis gera não apenas vantagens para a economia mas grandes ganhos na qualidade ambiental que têm reflexos na população das cidades. Eis alguns exemplos:

- Cada tonelada de papel reciclado representa 3 m³ de espaço disponível nos aterros sanitários.
- A energia economizada com a reciclagem de uma única garrafa de vidro é suficiente para manter acesa uma lâmpada de 100 W durante quatro horas.
- Com a reciclagem de uma lata de alumínio economiza-se o suficiente para manter ligado um aparelho de televisão durante 3 horas.
- 1 tonelada de papel reciclado significa economia de três eucaliptos e 32 pinus, árvores usadas na produção de celulose.
- Na fabricação de 1 tonelada de papel reciclado são necessários apenas 2 mil litros de água, ao passo que no processo tradicional esse volume pode chegar a 100 mil litros por tonelada.
- O Brasil só recicla cerca de 30% de seu consumo de papel.
- O vidro é 100% reciclável e o Brasil só recicla cerca de 14,2% do vidro que produz e consome.
- Cada tonelada de aço reciclado representa uma economia de 1.140 Kg de minério de ferro, 454 Kg de carvão e 18 Kg de cal, sem perda da qualidade.

(Fontes: Limpurb e Programa de Educação Ambiental do Projeto Metropolitano de Salvador.)

3 comentários:

Lia Noronha disse...

Ursa: td maravilhoso por aquicomo sempre...a sua floresta me encantou!!!
Bjus mil diretamente do meu Cotidiano.

Ana Maria disse...

Angela, devo ser a rainha da reciclagem de papel. Aqui em casa, jamais misturo embalagens ou qualquer tipo papel com lixo orgânico. Minha faxineira ficou impressionada com a minha disciplina e perguntou o porquê da separação. Acredita que ela não sabia que o papel vem de árvores derrubadas?!

Kristal disse...

Sou o que se pode chamar de uma mulher reciclável.