quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

D. Luiz Cappio às margens do São Francisco (Foto: Reuters)

STF decide liberar obras de transposição do Rio São Francisco
(informações extraídas do Estadão )

BRASÍLIA - Em duas decisões nesta quarta-feira, 19, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu liberar imediatamente a retomada das obras de transposição do Rio São Francisco. Com o resultado do julgamento, o bispo de Barra (BA), d. Luiz Flávio Cappio, deve dar continuidade à greve de fome contra o projeto iniciada no último dia 27. Antes da decisão, os movimentos que apóiam o bispo tinham a esperança de que um resultado favorável no Supremo colocasse fim ao jejum, que já dura 23 dias.
__________________________

Após 23 dias, bispo em greve de fome desmaia e é internado
D. Cappio teria ficado 'muito abalado' com a liberação das obras do Rio São Francisco pelo STF
(Fonte das informações: Estadão )

Na noite de terça, o bispo enviou ao presidente Lula, em Brasília, uma contraproposta para interromper sua greve de fome. A primeira de oito exigências listadas no documento é a suspensão das obras de transposição do Rio São Francisco, com a retirada das tropas do Exército.
No entanto, o Palácio do Planalto rejeitou as duas principais exigências feitas pelo bispo. Por volta de 17 horas, a assessoria do presidente Luiz Inácio Lula da Silva comunicou por telefone à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que o governo rejeitava a suspensão das obras de transposição do rio São Francisco e a mudança no projeto oficial, com a redução do volume de água para os Estados de Pernambuco e Paraíba.

AS 8 REIVINDICAÇÕES:
1. Manter a suspensão das obras, com retirada imediata do Exército
2. Adução de 9 m³ por segundo de água para áreas de PE e PB
3. Realização de obras previstas pela ANA
4. Apoio a projetos de armazenamento de água para consumo
5. Revitalização da Bacia do Rio São Francisco
6. Revitalização dos Rios Jaguaribe, Piranhas-Açu e Parnaíba
7. Apoio técnico na elaboração do Pacto das Águas
8. Plano de Desenvolvimento Sustentável para o semi-árido

4 comentários:

Jôka P. disse...

Dona Ursa, padre pode se suicidas se matando de fome assim ? Tipo chantagem, faz isso senão eu morro e a culpa é sua ?
Pensei que isso fosse pecado mortal !

Jôka P. disse...

OOOPS !
Já ia saindo a francesa, sem me despedir, desculpe !
BeiJôkas !

Angela Ursa disse...

Jôka, pelo que li, o D. Cappio não tem intenções suicidas. Parece que se ele não aguentar, vai parar a greve de fome. Eu também acho uma forma radical de protesto. Mas essa transposição do Rio São Francisco está causando muita polêmica e preocupando os ambientalistas. Não sei realmente o que vai acontecer. Beijos da Ursa!

Janaina de Almeida disse...

Essa transposição do Rio São francisco é um absurdo, mas essa greve de fome do padre não vai sensibilizar ninguém, desculpe asinceridade Ursa.
Beijos.