quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Tupinambás (Fonte da imagem: Blog do Dez)

Ano Novo Indígena
(texto extraído do site
Índios On line)

Nós, Povos Indígenas vivenciamos o Natal e o Ano Novo a cada dia que amanhece!

A renovação do nosso espírito, e a satisfação da vida material, se dá com o nascer do sol: com uma planta que nasce, com o brotar da flor, com o aparecimento do fruto, com cada folha que renova, com o canto dos pássaros, com as matas povoadas de animais, com o encanto das florestas, com os rios, lagos, ou lagoas cheios de peixes, com o barulho das cachoeiras, com a água pura que mata a nossa sede, e que nos banha, com as nossas roças produzindo alimentos, para saciar nossa necessidade de perpetuação, com o entardecer, com a lua que surge para nos encantar, com as estrelas, que servem para nos guiar, com o novo amanhecer, com o nascer de uma criança, com o respeito e, o cuidado com os nossos semelhantes, com o direito de viver, e, com a nossa partida para o mundo espiritual. Enfim, com o amor e a proteção que nos relacionamos com a Mãe Natureza.
Somos parte da Terra, pedaços de torrões!
Não queremos um Natal e Próspero Ano Novo, que é medido de ano em ano, onde as pessoas são levadas a acreditarem que é só nesses momentos, que o espírito precisa de renovação e paz, que se redime de todos os tipos de atrocidades cometidos ao longo de um ano, que deve se colocar a melhor roupa, o melhor sapato, ter o melhor alimento, amar, sonhar, tolerar, perdoar, presentear, reunir os membros da família, e que depois de passado surgem as incertezas, o desespero, o egoísmo, o orgulho, a prepotência, a vaidade, o rancor, o ódio, a desesperança, a ganância, a sede do poder, a cegueira, a desilusão etc.;.
Que transforma o homem, em um ser avilte.
Não queremos um Feliz Natal, e um Próspero Ano Novo de quem faz parte de um Sistema, ou aceita ser dominado por conveniência, e que deixa seus próprios irmãos: com fome, com sede, sem teto, sem pátria, sem direito a uma boa educação, à saúde, a um trabalho digno, sem acesso ao conhecimento dos direitos e deveres de cidadania, sem rosto e sem voz, que fomentam a guerra (a disputa e a discórdia),
Queremos sim, comungar sempre, com aqueles, que enxergam a humanidade como um todo, que não precisam de retórica, e nem se dizem intelectuais para seduzir e enganar seus irmãos, que não possuem olhos vendados, e que tem a plena consciência de que somos todos iguais perante a Natureza. A diferença é unicamente cultural. E, acima de tudo possuem a consciência de que precisamos preservar e cuidar do meio em que vivemos, se deseja para nossas futuras gerações uma vida digna!

Auere!
Yakuy Tupinambá

10 comentários:

Alberto Pereira Jr. disse...

tempos que não passo aqui!
feliz natal e um 2008 mágico pra vc!

beijao

BANDEIRAS disse...

Que beleza de blog,
e que idéia genial, trabalhar pela preservação.
Parabéns.

Janaina de Almeida disse...

Ângela, se você pensar bem, o nosso aniversário não deixa de ser um ano novo.cada um tem o seu tempo, o seu jeito, nada disso que é imposto pela mídia e pelos comerciais.
Esse ano estou fazendo tudo diferente:para mim é uma passagem no calendário e nem farei superstição alguma, bobagem...
Um forte abraçoe tudo de bom.
p.s.:hoje estou completando um ano de blogosfera.Beijos.

Angela Ursa disse...

Alberto, tenha um ótimo 2008 também! Beijos floridos! :))

Bandeiras, obrigada pela visita e elogios à Floresta! Beijos da Ursa :))

Janaína, para mim toda passagem de ano me traz a esperança de viver momentos melhores. Por isso, eu dou importância ao ano novo :)) Beijos e parabéns pelo aniversário do seu blog!

Eugênia Franco disse...

Lindo texto, Ursa!

À propósito você e
Jôka estão con tudo nesse natal. Dancinhas hilárias, fotos hiper-divertidas, aguardo novas para o reveillon.

Beijos!

Angela Ursa disse...

Gená, que bom que você gostou da foto e da dança natalina :)) Beijos e um ótimo Ano Novo!!

Hanah disse...

Angela Ursa,

Que este seja um Ano venturoso e te traga todos os desejos de seu coração...

Realizações, Saúde para você e sua Família, Proteção, Liberdade, Paz interior para ti e todos nós

Beijo querida ...

Márcia(clarinha) disse...

Feliz Ano Novo querida flor!!
carinho meu para todos os seus
beijos

Angela Ursa disse...

Hanah, um ótimo 2008 para você também. Beijos!

Márcia Clarinha, que 2008 traga muitas coisas boas para você.
Beijos!

greentea disse...

um texto q deveriamos ter presente todos os dias em nossas vidas !
por isso to roubei ...

um beijo

Não tenho vindo até aqui pois estive fora e qd cheguei fiquei doente, mas já estou a recuperar . Precisaria desse tal latex q falas para a tosse funda que tenho...

Tudo bom parati.