sábado, 24 de maio de 2008

Xingu (Fonte da imagem: O Globo On line)

Questão polêmica séria:

Será que só é o sangue indígena que pode ser derramado?
(Fonte: site Índios On line - Texto de Edcarlos (Carlinhos) Pankararu
http://www.acaopankararu.blogspot.com/ )

Que ironia da Justiça e da mídia, pois milhares de indígenas já foram exterminados desde a invasão do Brasil até hoje e nada foi feito. Os genocidas ainda estão impune, as terras indígenas são invadidas por fazendeiros, latifundiários, garimpeiros, arrozeiros, canaviais etc…nessa questão a mídia não dá ênfase, agora basta os indígenas dá um susto no engenheiro da Eletrobrás para eles divulgarem em todos os telejornais. Ressalto que não estou aqui para fazer apologia a violência qualquer que seja ela, sou contra essa atitude. Mas acho legitimo os parentes indígenas defenderes seus direitos, como venhamos lutando por direitos esses constitucionais.Para isso a Justiça foi rápida, pois a Polícia Federal já abriu inquérito, nesta quarta-feira, para apurar o que ocorreu nesse evento em Altamira (PA), com o engenheiro Paulo Rezende, onde ele teve um pequeno ferimento no braço, na terça-feira num evento realizado em Altamira (PA), sobre a construção da Hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu. Ai pergunto: Onde está os assassinos que covardemente tirou a vida de Galdino? Onde está os assassinos das lideranças mortas, quando defendiam suas terras? Pois essas são perguntas que não tem respostas a nossa Justiça.E agora a Justiça quer imagens de tv para prender nossos parentes, que a justiça seja feita, mais não para poucos, e sim para todos. Porque o maior presídio é Brasília, onde está a maioria dos ladrões e criminosos de todas espécies. A Justiça Federal ordenou a retomada de estudos de impacto ambiental da usina de Belo Monte, que haviam sido suspensos, pois estas questões de interesse dos povos indígenas eles vetam, mais não vão nos calar, pois se tivermos que aguar a terra com o nosso sangue, aguaremos porque daí a nossa semente vai brotar, nossas raízes vão ficar.Querem fazer o que fizeram com nos Pankararu, tomaram nossas terras para fazer a Barragem de Itaparica, onde nossas terras eram mais de 14.000 Hectares, hoje convivemos em 8.000 Hectares. Até para passarmos na Barragem temos dificuldades, porque se não esquecermos nossa identificação (Documento), temos que passar por fora da Barragem.Agora o governo quer fazer a mesma coisa com a criação da Barragem de Belo Monte no Rio do Xingu, onde vai inundar 1.200 quilômetros quadrados.
_____________________________________

4 comentários:

Eugênia Franco disse...

Angela,
Quero ver nossos índios cada vez mais ferozes com o homem branco.
Beijos e bom domingo!

Angela Ursa disse...

Gená, os índios têm muitos motivos para estarem zangados com o homem branco. Beijos da Ursa :))

Maria Clarinda disse...

Depois deste sil�ncio, aqui estou para te dizer que venho lendo sempre teus posts.
Continuo a juntar o meu GRITO ao teu pela causa dos n/irm�os.
Jinhos mil

Angela Ursa disse...

Clarinda, que bom receber mensagem sua! :)) Obrigada pelo apoio! Beijos floridos da Ursa :))