sábado, 13 de dezembro de 2008

Poupa, ou boubela, poupão, poupa-pão e poupinha, tem uma plumagem magnífica
(Fonte das informações: Ache Tudo e Região)

Uma defesa malcheirosa

Quando nascem, e por vários meses depois do nascimento, os filhotes de poupa, assim como sua mãe, enquanto toma conta deles, tem um cheiro desagradável semelhante ao de carne podre. Este mau cheiro mantém os inimigos afastados. Quando são realmente ameaçados, os filhotes exalam um cheiro fétido. Os adultos enfrentam seus inimigos no chão. Eles abrem as asas, erguem a crista, e lançam uma série de gritos tristes e monótonos. Os filhotes perdem seu cheiro repelente várias semanas depois de terem aprendido a voar
Com seu bico comprido e curvo, a poupa se alimenta de pequenos insetos e vermes, catados no meio de matéria vegetal em decomposição. Se a presa é grande, a poupa joga-a para cima antes de tragá-la. A poupa é uma ave solitária, reunindo se em bandos somente durante as migrações. Vive no meio dos arbustos espalhados pelo campo aberto, e corre com passinhos curtos e rápidos.
Os ninhos da poupa são encontrados em quase toda a Europa, na maior parte da Ásia e da Malásia e por toda a África, exceto no Saara e nas florestas equatoriais. A época de reprodução da poupa decorre entre Agosto e Outubro, dependendo da distribuição geográfica. Cada postura contém 2 a 6 ovos de cor azul-esverdeada. Os filhotes chocam ao fim de cerca de 17 dias de incubação, da responsabilidade exclusiva da fêmea, e permanecem no ninho durante cerca de um mês, recebendo os cuidados parentais de ambos os pais. Na Grécia antiga esta ave era muito caçada, porque se acreditava que sua carne tinha propriedades medicinais.
A poupa é uma ave de médio porte, com 25-27 cm de comprimento, cerca de 50 cm de envergadura e cauda relativamente longa. A plumagem é acastanhada, sendo as asas pretas e brancas e a cauda preta. As asas pretas e largas de riscas brancas e bege, permitem um vôo lento e ondulado. A grande particularidade das poupas é a invulgar crista cor-de-rosa com pontinhas pretas, e que se ergue, abrindo, quando o macho lhe faz a corte ou para proclamar território. Quando a crista volta a baixar, a cabeça da poupa é comprida e estreita, acentuada pelo bico curvado e comprido que usa para picar a terra à procura de minhocas, larvas, escaravelhos e gafanhotos. A poupa pontiagudo que lhe dá o nome é bem visível quando ereta. O bico é longo e recurvado e as patas são acinzentadas e curtas. O seu canto é um característico hoop-hoop-hoop que pode ser repetido ao longo de vários minutos.
O estado de conservação da poupa é seguro, mas a espécie encontra-se em regressão na Europa. No último século desapareceu da Suécia, Holanda, Bélgica e grande parte da Alemanha, sobretudo devido à alteração das práticas agrícolas e à introdução do uso de inseticidas.

10 comentários:

Jôka P. disse...

ANGELA, um ótimo final de semana pra você e os seres de sua floresta !

Lia Noronha disse...

Ursa: fico com saudades de todo essa energia maravilhosa da sua encantada floresta!!
te admiro muito...vc sabe disso!
Bjus diretamente do meu Cotidiano.

Dona Sra. Urtigão disse...

Gostei do que vi por aqui.
Viva o Povo da Floresta !

Matilda Penna disse...

A poupa é bonitinha, a defesa delas é bem esperta, muito interessante.
Bom final de semana e beijos, :).

janaina de almeida disse...

Que gracinha de poupa!
Ursa, em meu novo trabalho encontrei o nosso amigo Jôka!
Beijos.

Gená F. disse...

Seus amigos da floresta são sempre diferentes e encantadores.
Beijos de boa semana!

Jaqueline Sales disse...

Lindas plumagens, e com certeza essas aves têm um canto magnifico. Fico pensando em Deus, como Ele selecionou e pôs vida em tantas espécies diferentes.... É muita sabedoria e amor!

BeijUivooooooooooossssssss da Loba

Angela Ursa disse...

Jôka, beijos e carinho da Ursa para você! :))

Lia, muito obrigada pelo seu carinho! Beijos floridos! :))

Dona Sra. Urtigão, volte sempre!! Viva!!! Beijos

Nanbiquara, para você também!! Beijos da Ursa

Janaina, que legal saber que você se encontrou com o Jôka! Beijos floridos para você :))

Gená, a Ursa ficou muito feliz com as suas palavras. Beijos!!

Amiga Loba, sempre que quiser venha passear na Floresta :)) Beijos da Ursa para a Loba

luzdeluma disse...

O homem quer aprisionar tudo que gosta. Os pássaros são deslumbrantes!! Beijus

Angela Ursa disse...

Luma, esses pássaros lindos precisam mesmo se proteger contra os predadores, principalmente os humanos. Beijos da Ursa