sexta-feira, 13 de março de 2009

Uma história indígena
(Fonte: Índios On line)




Dizem os detentores do conhecimento Pankararu, que Leonor era um índia muito curiosa, e ao deparar com um pássaro encantado teve vontade de come-lo, mas ao comentar com seus pais eles alertaram sobre o risco que ela corria se efetuasse sua vontade, mas ela como adolescente não deu ouvido aos seu pais, e comeu o pássaro. Ai ela foi castigada, e levada por curandeiros Pankararu para uma serra, onde a deixaram e ao retornarem ela não estava mais, e uma voz disse, que ela que não era pra se preocuparem, que Leonor não tinha morrido e sim se encantado, e até os dias de hoje ela vive entre nós, protegendo e cuidando de nosso povo.
Assistam o filme
Guerreiros On-Line Pankararu
Ayda, Erica, Ervelyn, Luciana, Joilton, Tauani, Edna, Luciano e Alex

5 comentários:

janaina de almeida disse...

Tudo que é proibido é desejado.Consequências, é outro assunto.
Beijos floridos.

Angela Ursa disse...

Janaina, é verdade, o proibido aguça mais o desejo. A não ser que a coisa seja ruim :)) Beijos floridos também para você!

GRAÇA GRAÚNA disse...

Angela: parabens por divulgar mais uma história do nosso universo indígena, especialmente este dos encantados entre os índios pankararu. Bjos de luz, Grauninha

Angela Ursa disse...

Graça, gosto muito das histórias indígenas. É um prazer divulgar! :)) Beijos e carinho da Angela Ursa

ana de toledo disse...

OI querida!!
Que legal que você gostou da minha entrevista!!hehehehe
A idéia era essa mesma e você captou a mensagem!!
Sabrinha Newton é uma jornbalista que um querido amigo meu inventou!!!!
Um grande beijo e o carinho meu