terça-feira, 21 de abril de 2009


O profeta da "Pas" de Rio Branco
Anta - "Neste mundo globalizado, a opção favorita para este café regional é feito por um suíço! Ele tem um haras onde se pode provar as delícias locais e depois andar a cavalo ou simplesmente passear vendo a criação de búfalos, os avestruzes, sobreviventes de uma tentativa de criação local e as antas. Antas para criação comercial? Segundo o capataz local estas estão lá somente “pela boniteza”, mas como disputam a comida com os avestruzes, chegaram e ficaram. São muito simpáticas e gostam de carinho, o que as faz favoritas do pessoal em relação aos engraçados mas anti-sociais avestruzes. " (por Altamiro Vilhena)


Impressões Amazônicas (do blog de Altamiro Vilhena)


"Boa Vista tem também muitas figuras interessantes, que fundem sua
história à cidade, como o maluco beleza daqui, o Profeta da Pas (com S
mesmo).
Mas quem é este profeta? Qual a linha que, muitas vezes separa a
insanidade da completa lucidez? Lembro do Gentileza, considerado louco
por muitos e gênio por outros, imortalizado na voz de Marisa Monte e
cujo principal mote levo tatuado em meu braço: “gentileza gera
gentileza”.
Em Boa Vista não temos o profeta gentil, mas encontramos o Profeta da
Pas, que recebeu a mensagem de Deus e, sem esperar algo além de que
alguns minutos de atenção, faz apologia do amor e da paz.
O nome com que se apresenta, é até difícil de guardar, e ele mostra
tatuado no braço esquerdo – “do coração”: Deeus Ommy Geezus – O
Profeta da Pas.
Logo que cheguei em Boa Vista, encontrei o profeta andando pelas ruas
do centro. Sempre com roupa branca com várias frases escritas no que
chama de “português correto” – “É sempre como se fala, e não como se
quer”, acompanhado por um violão elétrico e com um sorriso cativante
emoldurado por sua careca morena e por uma barbicha fina, que lembra
tanto um monge chinês quanto um bode adolescente.
O encontro é fácil, a fala é agradável, as boas vindas com um beijo
em nossa mão e a declaração: “eu te amo”. O profeta gosta de conversa
e logo mostra as frases espalhadas por sua roupa: “Eu ti amú”,
“Polìssiàl Fédêéràl Séléstiàl”, “Ezércitu de Deeus”.
Não me conta a origem da sua missão. São várias histórias que se
escuta em Boa Vista. A mais consistente conta que ele era um policial,
que matou uma criança com um tiro, o que fez com que saísse de si e ao
voltar se encontrasse transformado e consciente de sua tarefa divina:
ajudar a transformar o homem através da paz e do amor.
E como quem é da paz não se nega a uma fotografia. Consigo várias
enquanto escuto “Com uma máquina desta já sei que vão para o exterior.
Pode levar! Leve a mensagem da Paz e do Amor!” E é isso que fiz. A
mensagem é para vocês."

5 comentários:

Impressões Amazônicas disse...

Oi Ursa!
Obrigado por divulgar nosso blog! A Amazônia é um mundo incrível e fantástico, e aproveito para partilhar um pouquinho do que vivencio com amigos de todo Brasil. Apareça sempre!!!
Sucesso!!!
Altamiro

Angela Ursa disse...

Altamiro, admiro o seu trabalho, a sua dedicação. Beijos floridos da Ursa :))

Hanah disse...

Angela,

Passei para desejar um Feliz dia da terra ...

...aqui nos sentimos, mais perto dela...

bjos carinhosos

Hanah

Angela Ursa disse...

Hanah, para você também!!! Muito obrigada! Vou colocar no próximo tópico uma imagem bem interessante sobre defesa do nosso planeta que recebi por e-mail. Beijos floridos! :))

Maria Clarinda disse...

Mais uma vez vou cheia do Amor à Teerra, às minhas raízes(sim também estão aí)...
Obrigada Amiga!
Jinhos mil