terça-feira, 2 de junho de 2009

(Fonte da imagem)

(Foto: Autor Wagner Machado C Lemes - Fonte)
(Clique nas imagens para ampliar)

A coruja buraqueira (Fonte)
A coruja buraqueira possui este nome pois vive em buracos cavados no solo. Embora ela seja capaz de cavar sua própria cova, vive em buracos abandonados por tatus, cachorro de pradaria e tocas de outros animais. A sua sobrevivência, bem como a dos seus filhotes, depende da plena estabilidade do túnel que leva ao ninho, que não pode desbarrancar... É necessário que as paredes do túnel de areia estejam bem firmes, até o dia final da chocagem dos ovos e a saída das corujinhas. O ninho é construído sob o cordão arenoso, área onde também a coruja caça, enquanto vigia sua toca. O maior inimigo da coruja buraqueira é o homem. O danoso trânsito sobre a vegetação da praia é o principal fator da destruição da coruja buraqueira, juntamente com outras espécies da fauna da praia que compõem a cadeia alimentar. Ao passar sobre a "boca" dos ninhos, os veículos soterram o túnel, matando mãe e filhotes asfixiados, debaixo da camada de areia em que se encontram. Cuidado quando estiver na praia! De porte pequeno, a coruja buraqueira possui uma cabeça redonda, tem sobrancelhas brancas, olhos amarelos e pernas longas. Ao contrário da maioria das corujas, o macho é ligeiramente maior do que a fêmea, e esta é, normalmente, mais escura do o macho. É uma ave tímida e, por isso, vive em lugares sossegados. Durante o dia ela cochila no seu ninho ou toma sol nos galhos de árvores. Tem vôo suave e silencioso. Por alimentar-se também de insetos, é muito útil ao homem, beneficiando-o na agricultura. A coruja buraqueira come pequenos roedores (ratos), insetos e cobras. Ela anda sem destino enquanto caça e depois de pegar sua presa vai para um poleiro, como uma cerca, ou pousa no próprio solo. São aves principalmente crepusculares (ativo ao entardecer e amanhecer), mas, se preciso, caçam ao longo de 24 horas.

7 comentários:

Luma disse...

Ursa, sei que onde moro tem muitas corujas, porque escuto mas nunca vi. Essa corujinha é bem bonitinha! :) Beijus

Angela Ursa disse...

Luma, eu já vi as buraqueiras há alguns anos em um parque de Curitiba. Elas são muito simpáticas! Beijos da Ursa

Márcia(clarinha) disse...

São tão lindinhas, parecem mesmo gostar do sossego, dessas ainda não vi, aqui onde moro tem muitas outras espécies.

lindo dia queridAngela
beijos

Janaina disse...

As corujas me perseguem... hehehe é muuito engraçado. Eu ando na rua e elas vêm atrás.

Janaina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angela Ursa disse...

Márcia Clarinha, as outras corujas ficam mais em árvores, essas não. Beijos e uma ótima semana para você!

Janaina, então, você é a Encantadora de Corujas?! ;)) Beijos da Ursa

Janaina disse...

Nunca vi uma coruja ,mas elas são bem bonitinhas.Só vi uma coruja de perto quando era criança, só que empalhada(sinistro), no laboratório de ciências do meu colégio.
Beijos floridos.