sexta-feira, 20 de novembro de 2009


Tangará, dançador
(Fonte)

Os contrastes de cores do macho são únicos entre as aves da RPPN (Reserva Privada de Patrimônio Natural) . O tom de vermelho fogo intensifica-se no alto da cabeça e pescoço, estendendo-se pelo peito (foto). Todo o restante é amarelo vivo, em oposição ao negro do resto das costas e asas. A cauda é curta e pequena para o tamanho do corpo, produzindo uma silhueta característica. A fêmea é toda esverdeada, com tom mais amarelado na barriga. Nos dois sexos, os olhos são brancos, mais destacados na fêmea devido à cor verde escura dominante.
Vivem no interior da mata do Bebe, sendo raro conseguir observá-los bem, apesar das cores. Andam na região abaixo das árvores até cerca de 1 metro do chão, pousando em galhos expostos ou no meio da folhagem. Possuem um vôo rápido e, ao pousarem, ficam imóveis por alguns segundos, dificultando a localização.
Ao contrário do soldadinho, os machos possuem uma arena de dança (vindo daí o nome dançador em português e tangará em tupi, com o mesmo significado), onde as fêmeas vem procurar o seu par. Em algumas ocasiões, dois machos exibem-se na arena, mas o dominante é quem acasala. Após a cópula, a fêmea volta à sua área de vida para construir o ninho, chocar os ovos e cuidar dos filhotes sozinha. As arenas são tradicionais e, mesmo fora do período reprodutivo, os machos as visitam e dançam, procurando manter as melhores posições durante todo o ano. Uma vez localizadas, fica mais fácil de encontrar essa ave única.
Além das matas secas do Pantanal, ocorre em toda a Amazônia ao sul do rio Amazonas, matas ciliares maiores e matas secas de todo o centro-oeste, parte do interior de São Paulo e norte do Paraná (nesses últimos estados, já bastante raro, devido ao desmatamento).

4 comentários:

Tertúlias... disse...

Mas que coisa mais linda! Que cores!!! Precioso!

almariada disse...

lindo! arena de dança! e praticam o ano todo!

muito obrigada!

uma abraço

Angela Ursa disse...

Ricardo, além de lindo ele é um dançarino :)) Beijos floridos!

Almariada, pois é, adorei também saber da arena de dança :))
Beijos da Ursa

Lia Noronha disse...

Ursa: que beleza...que perfeição a Natureza nos apresenta...precisamos aprender a valorizá-la...mais e mais!!!Bjus bem urbanos pra ti.