sábado, 17 de abril de 2010


Índios batizam Coronel da PM em Botucatu (SP)
(Fonte: site Entrelinhas)
* * Assista o vídeo da pajelança clicando AQUI * *
Índios da tribo Tequaporã, em Itaporanga, realizaram uma cerimônia de Pajelança na sede do 12º BPM-I, na manhã de ontem, dia 15. “É uma forma de comemorarmos antecipadamente o Dia do Índio, que acontece na próxima segunda-feira”, afirmou o Tenente Coronel Cesar Francisco Toma, que após a cerimônia de pajelança foi batizado pelo pajé Awa Wyty, como Awa Ruvitxa, “Homem de Grande Poder”.

Além do comandante do batalhão também receberam denominações Guaranis, a aluna Vanessa Malheiros, da Escola João Maria de Araujo, integrante do grupo Jovens Construindo a Cidadania - JCC, batizada como Cunhã Katuvit Ju, que significa “Mulher que Vai e Volta”.

As viaturas e a entrada do Batalhão também receberam o ritual xamã, que segundo o Cacique Darã, era para proteção da vida dos soldados e aproximação dos povos evitando o perigo.

O acesso do 12º BPM-I, em Guarani, agora chama-se Onken Tuvtcha, que em bom português é “Portão Grande”.

O Cacique, Pajé e aproximadamente 10 membros da tribo Tequaporã, foram mobilizados pelo comando do 53º Batalhão de Policia Militar de Avaré, que atua na área de Itaporanga.

A tribo é originária da região de Avaí (próximo à Bauru). “Fomos remanejados para Itaporanga por falta de espaço na tribo. Estamos vivendo um momento ruim, pois ainda não temos a posse da terra”, afirmou o Cacique Darã.

Participaram da cerimônia representantes da Prefeitura e Câmara Municipal, além de empresários do setor de comércio, escoteiros e alunos da Escola Rafael de Moura Campos.

Policiais e soldados do comando, além de delegados e investigadores também acompanharam o ritual xamã.

Um comentário:

Marcos Dhotta disse...

O bom é que foi tudo dentro de um ritual xamã onde todos/as participaram. Acho essa permeabilidade de fronteiras fundamental para todos nós. Precisamos apreender esse rito de passagem...