quarta-feira, 14 de setembro de 2005

Tronco e madeira do mogno
Fruto e sementes de mogno
O mogno (Swietenia macrophylla) é uma árvore da região amazônica bastante explorada e conhecida pela qualidade da madeira. Trazida para o Sudeste, se adaptou muito bem, sendo muito utilizada para arborização urbana. É uma espécie de crescimento rápido e tronco reto. Só frutificam os exemplares mais velhos, porém nestes casos, produzem muitas sementes de germinação fácil. (Fonte)
Por ser tão valioso e resistente, o mogno é a madeira mais cobiçada da Amazônia. Grandes áreas foram desmatadas e hoje o mogno é uma das árvores brasileiras seriamente ameaçadas de extinção. Em 1998, o governo brasileiro proibiu por dois anos o corte de mogno no país. As árvores só podem ser derrubadas em áreas especiais, com autorização do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) (Fonte 2).

14 comentários:

Palpi disse...

Bela árvore. Eu só conhecia a madeira, não a árvore. O homem é um ser muito irresponsável... uma pena que não perceba o mal que está causando a si próprio.
Beijo. Boa quarta.

nanbiquara disse...

Se a germinação é fácil, podia ser replantada, ou plantada para corte mesmo, em áreas longe da floresta.
Uma fazenda de mognos, porque não?
Só querem plantar soja, soja, que vai derrubando tudo onde passa...
E uma madeira tão linda, uma árvore tão linda, :(.

Janaina Staciarini disse...

Nós plantamos mogno e pau-brasil na fazenda. É tão lindo ver as arvores crescendo... São plantas lindas.

Diana disse...

Bom dia....

Como digo sempre....a cobrança vem....
Bjs....

Priscila disse...

Mu avó construiu muita casa de mogno...Nos anos 40...
Vê se pode!
Abraços!

Angela Ursa disse...

Amiga palpiteira, é verdade. O corte e venda ilegal de mogno na Amazônia já foi denunciado várias vezes, mas continua. Beijos!

nanbiquara, seria muito bom ter fazendas de mogno, mas é importante preservar a vegetação natural das florestas, como o mogno da Amazônia. Beijos da Ursa!

janaína, que bonito você plantar essas árvores na fazenda! E o pau-brasil que é o símbolo da nossa terra. Beijos!

Diana, tomara que sim, que venha a punição para a destruição dessas árvores. Beijos florestais!

priscila, na época do seu avô, o uso do mogno, certamente, não era para venda ilegal :)) Beijos!

Lia Noronha disse...

Ursa: como sempre temos lições de vida aqui na sua floresta...beijos carinhosos.

tesco disse...

Ursa, lindo e valioso blog. Além de lincá-lo, farei uma chamada para os nossos leitores. Empreendimentos desse tipo têm que ser icentivados.
Beijos.

whisper disse...

Voltei das minhas férias 'blogueiras' e foi com renovado prazer que vim ao teu harmonioso cantinho. Um beijo do lado de cá do Atlântico :)

Angela Ursa disse...

Lia que a floresta traga muita paz a você! Beijos

Seja bem-vindo, Tesco! Muito obrigada pelos elogios e pelo apoio. Abraços florestais! :))

whisper, que surpresa! Como foi de férias? Espero que tenha aproveitado bastante. Beijos florestais da Ursa para o outro lado do Atlântico! :))

Jôka P. disse...

DONA URSA,
que sucesso esse post da linda árvore, hein !!!
E o Jôkinha quaaaase ficou fora dessa festa !
Pô, cheguei no finalzinho, mas cheguei...
Ainda tem chá de orquídea selvagem ?
:)
JÔKINHA morrendo de sede...

Angela Ursa disse...

Jôka, a Ursa sempre tem chás para o querido amigo. Entre, a oca é sua e a floresta também! O chá já está pronto. Beijos!!

Guilherme disse...

Ursa, adorei seu blog.

Comecei um também,a respeito de um projeto pessoal de viveiro de mogno a baixo custo. A idéia é preservar mesmo, a partir da minha ajuda pessoal.

www.mognobrasileiro.com.br é o endereço dele.

Espero ainda ficar no nível dos seus comentário e qualidade do seu.

Bjos e parabéns.

ju disse...

oi Ursa Sentada, e a india juliana usando este email, gostei dos comentário , parabens pelos incentivos para reflorestar esse nosso país , que é tão lindo né, espero que possamos nos falar mais muito obrigado mesmo bjsbjsb...ju.,