segunda-feira, 13 de fevereiro de 2006

Aruanã, outras histórias (fonte: site da ONG Aruanã - Associação para Recursos Ambientais e Artísticos)

ARUANÃ ... um peixe (Osteoglossum bicirrhosum), do Rio Araguaia (TO), conhecido pelos índios como peixe-macaco e peixe-mola pelas suas acrobacias e saltos. O macho é quem cuida dos filhotes, sua boca é berçário e mesa para eles. Quando um perigo ronda os seus filhos, ele, recolhe-os aos milhares em sua boca que pôr ter uma barbela à frente, amedronta a presa. Pôr ser muito nutritivo as índias usam-no para convalescerem-se do parto...

7 comentários:

Taia disse...

Pai zeloso esse peixe né?
Espero que os pais humanos estejam indo pelo mesmo caminho.
Linda a fantasia né?
Depois do meu desfile eu te empresto tá?!
Beijos querida e ótima semana!

Diana disse...

Bom dia......

Nãos ei se foi ele que vi num documentario.....mas que era engraçado ve-lo recolhendo os filhotes....rssss
Bjs....

Jôka P. disse...

Então se comer esse peixe,
ele já vem rechedo.

Bj,
JÔKA P.

Jôka P. disse...

...Digo...

RECHEADO !!!!

Humpf !

!!!

Matilda Penna disse...

Maravilha de peixe, lindo esse instinto de preservação da espécie, não?
Beijos, :).

Angela Ursa disse...

Taia, Diana, Jôka e nanbiquara,
se todas as pessoas fossem assim como esse peixe, muita coisa seria melhor :)) Beijos da Ursa!!

Lia Noronha disse...

Ursa: os homens têm muito que aprender com os animais...principalmente a amar e cuidar de seus filhos!!!
Que sábio exemplo o do peixe-macaco,nao é mesmo?

Beijos carinhosos minha boa amiga da Floresta.