domingo, 6 de agosto de 2006

Colar de Caramujo dos índios Kalapalo, à direita: detalhe das placas
A partir da esquerda: Pares de Brincos dos índios Kuikuro, Yawalapiti e Kamayurá: foto de peças expostas no Fresno Art Museum, EUA, em 1991/92
Cocar dos índios Waurá: foto de peça exposta no Fresno Art Museum, EUA, em 1991/92

Adornos indígenas do Alto Xingu (Fonte: Boletim Iandé)

O Parque do Xingu foi criado em 1961. É uma área na região nordeste do estado do Mato Grosso onde vivem quinze grupos indígenas diferentes.
Na parte sul do Parque fica a região chamada de Alto Xingu, mais próxima da área onde nasce o rio Xingu. No Alto Xingu, vivem dez, dos quinze grupos indígenas diferentes de todo o Parque. Esses dez grupos falam línguas distintas entre si; porém praticam os mesmos costumes, rituais e utilizam adornos semelhantes. O Kuarup é um dos rituais praticados por esses grupos.
As dez etnias que vivem no Alto Xingu são: Kamayurá, Aweti, Kuikuro, Kalapalo, Matipu, Nafukwá, Waurá, Mehinaku, Yawalapiti e Trumai.
Um dos mais belos adornos, característico de todos esse grupos, é o cocar feito de uma base trançada de palha e recoberta de plumas de diversas aves. Essa é uma peça de uso cerimonial, equivalente a uma roupa de gala.
Outro adorno típico do Alto Xingu, são os brincos masculinos. As orelhas dos adolescentes são perfuradas em uma cerimônia que marca o fim de um período de reclusão.
Outro ornamento típico do Alto Xingu é o colar de placas de caramujo. É um adorno obrigatório em toda ocasião social. Como alguns índios não o possuem, e outros possuem vários, há um complexo sistema de empréstimos nessas ocasiões. Os colares com placas maiores são usados pelos homens e os menores são femininos. Na ornamentação do tronco do Kuarup, os índios utilizam uma versão de uso cerimonial, onde o algodão que amarra as diversas placas é montado sobre uma haste de madeira.

10 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

Angela minha querida,
saudades daqui, muitas...
Que imagens lindas do trabalho fantástico dos índios, dá vontade de ter e usar, né?
Lindo domingo cheio de sol e paz,
beijosssssssssssss

Matilda Penna disse...

Adorei os brincos, o cocar então, perfeito!
O colar feminino é bonito também.
Beijos, :).

Angela Ursa disse...

Vim trazer chá e bolinhos para vocês. Fiquem à vontade na Floresta! A casa, ou melhor, a oca é de vocês ;)) Beijos carinhosos!

Cristiano Contreiras disse...

Lindo cocar!

Janaina Staciarini disse...

Angela, eu AMO quando você coloca estas fotos de artefatos, cocares... acho lindo!!

greentea disse...

aprendemos sempre tanto contigo e com a Amazonia

Jôka P. disse...

Angela, mudou o canto do pássaro ?
Lindas as fotos do post.
Uma ótima semana pra você.
beijos !
:)

Diana disse...

Olá.....
Tb fui lá embaixo olhar se o passaro tinha mudado....
Saudade daqui D. Ursa....
Rss...
Bjs...

Angela Ursa disse...

O canto do uirapuru antigo estava hospedado no FTP do meu antigo provedor de internet. O meu novo provedor não oferece espaço de FTP. Então não tenho onde hospedar arquivos que não sejam de imagens. Estou pesquisando na internet para ver se encontro algum site que ofereça esse tipo de serviço gratuito. Provisoriamente, coloquei aqui na floresta um outro canto do uirapuru que estava num site de pássaros. Beijos da Ursa!

Anônimo disse...

What a great site Boat insurance salvage dealers senior term life insurance quote in scotland Learn german what is fioricet Financial advisor superannuation ottawa paris hilton video Free printable dirty clean dishwasher magnet Site www.webdiggers.net rder didrex Bingo card coded color Zyrtec as an otc product