quinta-feira, 17 de agosto de 2006

(Fonte da imagem: site WWF)

Escassez de água é problema global, diz WWF
(Fonte: BBC, publicado no site do Gabeira em 16/08/2006)

M
udanças climáticas, perda de áreas alagadas, infra-estruturas inadequadas e mau gerenciamento dos recursos têm promovido o tema a "problema verdadeiramente global", disse a organização.
"Riqueza econômica não se traduz em abundância de água", afirmou o supervisor do levantamento, Jamie Pittock.
"Escassez e poluição estão se tornando mais comuns, e a responsabilidade por encontrar soluções cabe tanto a países ricos como pobres."
O WWF alertou os países em desenvolvimento para que não desperdicem a chance de "aprender com os erros do passado" cometidos pelos países ricos.

Desperdício e escassez
Desperdício e escassez de água são dois lados da mesma moeda, indica o relatório.
Algumas das
mais ricas do mundo, como Houston, no Texas, e Sidney, na Austrália, consomem mais água do que são capazes de repor.
Nos Estados Unidos e no Japão, o uso diário de água per capita alcança os 350 litros, enquanto cada europeu consome 200 litros por dia, afirmou o relatório.
Na África subsaariana, o
diário per capita é de no máximo 20 litros.
Em Londres, a infra-estrutura ultrapassada gera um volume de perdas equivalente a 300 piscinas olímpicas por dia.
Segundo o levantamento, regiões áridas da Europa, como a maior parte da Espanha e Portugal, devem sofrer "severamente" com a escassez de água em 2070.

Agricultura
Apesar disso, práticas agrícolas continuam insustentáveis.
Uma análise do WWF determinou que a água usada anualmente para produzir excedentes em colheitas espanholas de milho, algodão, arroz e alfafa seria suficiente para abastecer mais de 16 milhões de habitantes do país.
"Colheitas estão se expandindo não como resposta à demanda do mercado, mas como resposta à disponibilidade de subsídios", critica a organização, que destacou ainda a má qualidade da água restante.
A Espanha foi o destaque do relatório, registrando o pior resultado de freqüência de nitratos em
subterrâneas e em potáveis.
Uma conseqüência da pior qualidade da água doce é a perda de biodiversidade, apontou o documento.
Desde 1970, houve declínio nas populações de mais da metade de 200 espécies de
doces analisadas pelo índice "Planeta Vivo", medido pela organização.
"O custo de recuperar ecossistemas prejudicados é de dez a cem vezes maior que o de mantê-los", alertou o WWF.
"Governos devem encontrar soluções tanto para os (países) ricos como para os pobres, o que inclui reparar infra-estrutura antiga, reduzir contaminantes e mudar práticas de irrigação."
O
relatório antecede a Semana Mundial da Água, evento que será realizado em Estocolmo, na Suécia, de 20 a 26 de agosto.

12 comentários:

Diana disse...

Bom dia D. Ursa....

Pois é......e as vezes nem qd estão sentindo na pele a falta param de usar inadequandamente....
Aqui estamos em racionamento...e qd não é dia...da-lhe usar pra fins que podem ser esperados....
E acham ruim qd alertamos....
Bjs...

Roy disse...

Ola, Ursa,

Nao consiguirei resistir a visita diaria. Mas, tenho-te uma proposta indecente para divulgar ainda mais os seus protestos a prote'cao do meio ambiente e de seus integrantes mais adeptos.

Por favor, caso esteja interessada em saber a respeito, envie-me um imeiu a:

relimelech@hotmail.com

bjx

RF

Jôka P. disse...

Sempre procuro economizar água, até pelo preço da conta.
bjs!

Janaina Staciarini disse...

Água é uma questão muito séria. E ninguém se convence de que ela está acabando.

Lia Noronha disse...

Ursa: essa é uma questão muito séria...que deveria ser urgentemente divulgada!
Beijos carinhosos diretamente do meu Cotidiano.

Ana Maria disse...

Felizmente um prédio vizinho parou com essa história de lavar calçada com jato de mangueira. Trocaram o desperdício de água por uma vassoura e um balde. Melhor assim.

Angela Ursa disse...

Diana, com esse calor terrível e o tempo seco, é preciso mesmo racionar a água. Beijos!!

Roy, eu gostaria de saber qual é a sua proposta. Vou mandar um e-mail. Beijos!

Jôka, do jeito que estou indo as coisas, daqui a pouco o preço da água vai ser igual ao do ouro. Porque é um bem de primeira necessidade e se as pessoas não cuidarem, vai haver mesmo escassez. Beijos da Ursa!

Janaína, as pessoas não se preocupam com a água enquanto ainda têm em casa. Mas não pensam no futuro. Beijos!!

Lia, quanto mais divulgar, melhor!! Beijos!

Márcia(clarinha) disse...

Seríssimo problema do mundo que as pessoas ainda não se deram conta da gravidade.
Belo seu post querida, um alerta.
Linda noite minha linda
beijossssssssssss

Angela Ursa disse...

Ana, além de lavar calçadas, tem muita gente que lava os carros na rua também usando mangueira. Beijos!

Márcia Clarinha, também acho esse problema da água muito sério. Beijos da Ursa!

Matilda Penna disse...

A água é preciosa, é mesmo preciso cuidar da água do planeta, economizar, usar racionalmente.
Beijos, :).

Anônimo disse...

best regards, nice info film editing schools

Anônimo disse...

What a great site » » »