segunda-feira, 14 de maio de 2007

Cocar feito com sementes "olho-de-pombo", por índios Tupiniquim (Espírito Santo)


Índios se dizem ofendidos por comentários de Bento 16
(Fonte: Reuters)
BRASÍLIA (Reuters) - Líderes indígenas disseram na segunda-feira ter ficado ofendidos pelas declarações "arrogantes e desrespeitosas" do papa Bento 16 de que a Igreja Católica os havia purificado, e que retomar suas religiões originais seria um retrocesso.
Num discurso para os bispos latino-americanos e do Caribe no encerramento de sua visita ao Brasil, o pontífice afirmou que a Igreja não havia se imposto aos povos indígenas das Américas. Segundo o papa, os índios receberam bem os padres europeus, já que "Cristo era o salvador que esperavam silenciosamente".
Acredita-se que milhões de índios tenham morrido no continente americano em consequência da colonização européia, depois da chegada de Cristóvão Colombo, em 1492.
"É arrogante e desrespeitoso considerar nossa herança cultural menos importante que a deles", disse Jecinaldo Satere Mawe, coordenador-chefe da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab).
Vários grupos indígenas escreveram uma carta para o papa na semana passada pedindo o apoio dele na defesa de suas terras e de sua cultura. Eles disseram que os índios vêm sofrendo um "processo de genocídio" desde a chegada dos colonizadores europeus.
Os conquistadores contavam com a bênção dos sacerdotes católicos, embora alguns destes depois tenham defendido os índios e muitos hoje estão entre os mais eloquentes aliados dos índios.
"O Estado usou a Igreja para fazer o trabalho sujo na colonização dos índios, mas eles já pediram perdão ... quer dizer que o papa está voltando atrás com a palavra da Igreja?", questionou Dionito José de Souza, líder da tribo Makuxi, de Roraima.
Em 1992, o papa João Paulo 2o falou dos erros na evangelização dos povos nativos das Américas.
As declarações do papa Bento 16 não desagradaram só aos índios, mas também aos padres católicos que os apóiam em sua luta, disse Sandro Tuxa, que comanda o movimento das tribos do Nordeste.
"Repudiamos as declarações do papa. Dizer que a dizimação cultural de nosso povo representa uma purificação é ofensivo e, francamente, assustador", disse Tuxa.
"Acho que (o papa) tem sido mal assessorado", acrescentou.
O próprio grupo católico que defende os índios no Brasil, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), distanciou-se do papa. "O papa não entende a realidade dos índios daqui, sua declaração foi equivocada e indefensável", disse à Reuters o padre Paulo Suess. "Eu também fiquei aborrecido".

13 comentários:

Luciane disse...

Oi, Angela! Eu acho legal que a presença desse padre no Brasil está conseguindo fazer, entre outras coisas, com que todo mundo (ou quase todo mundo) veja o que realmente a igreja católica representou na história da America Latina. Se serve pra alguma coisa, pelo menos as pessoas estão tomando consciência e se manifestando, dizendo um basta e cobrando respeito, não é?
Beijo

Angela Ursa disse...

Luciane, as idéias do novo papa estão trazendo muita polêmica sim. Ele está tomando posições extremamente retrógadas. Beijos da Ursa :))

Maria Cristina disse...

Angela un palcer enorme saludarte y admiro todos tus post y el trabajo que realizas es extraordinario, un abrazo

wicky disse...

há muita coisa que esse Papa não entende...
Também ainda não percebeu que o barrete q usa na cabeça e a capa são debruadas de arminho que é esfolado vivo para melhor se aproveitar a pele.
Já assinaste a petição para que deixe de usar chapéu de arminho???
um beijo para ti
e para os Indios todos, pelo profundo respeito q me merecem

Janaina de Almeida disse...

Ângela, muito obrigada pela força que você me deu semana passada e mudei de planos.
Quanto ao Papa, é muito fácil ficarem jogando a culpa em assessoria,que é usada como boi de piranha,pois foi ele que falou isso tudo sim,é uma lástima.
Tudo que Joõa Paulo II fez ele desreipeitou.
Um abarço e tudo de bom,
Janaina de Almeida, Vila Isabel.

Angela Ursa disse...

Maria Cristina, muito obrigada pelo apoio. Beijos floridos :))

Wicky, vou assinar a petição. Beijos da Ursa! :))

Janaína, fico feliz de saber que você está bem. Beijos e carinho da Ursa :))

Saramar disse...

Ursa, coincidentemente (de novo!) estou relendo "Viva O Povo Brasileiro" de Jão Ubaldo.
Ontem mesmo li a soberba descrição que o autor fez da catequização, na visão de um índio.
É arrasadora, pois inseriu na vida dos índios conceitos que só os cristãos aceitam, como a noção de pecado e inferno.
Concordo com os índios em seu protesto.
Aliás, esta é a segunda vez que o papa ofende religiões diferentes da dele. De diplomata, ele não tem nada.

beijos
P.S. O cocar é maravilhoso.

GENÁ FRANCO disse...

Angela,
e pensar que Sua Santidade é dona de bancos, de parte da Fiat (?), e de um estado independente, o Vaticano ....
Adorei o cocar, e se não me engano esses índios ficam alí, pelas bandas de Aracruz, é ??? Conheço mais ou menos a região, pois tive uma casa de praia pertinho de Aracruz, em Nova Almeida.
Beijos!

Maria Clarinda disse...

Que cocar maravilhoso! e que post lindo.

Angela Ursa disse...

Saramar, esse livro deve ser muito interessante. Agradeço a sua dica. Vou procurar. Eu tenho formação católica mas atualmente possuo uma visão muito pessoal sobre religião e questiono muitas coisas, como a idéia do inferno e do pecado. Beijos da Ursa!

Nossa, Gená, o vaticano também tem ações da FIAT??!! Eu não sabia disso. As terras dos tupiniquins devem ser mesmo próximas a Aracruz.
Beijos floridos!

Maria Clarinda, achei esse estilo de cocar muito original. Beijos da Ursa!

Matilda Penna disse...

Lindo esse cocar, gostei das cores.
E os índios estão certos, pois, como disse Jecinaldo Satere Mawe, "É arrogante e desrespeitoso considerar nossa herança cultural menos importante que a deles".
Beijos, :).

Angela Ursa disse...

Oi, Nanbiquara, fico feliz de ver você aqui na Floresta! :)) Beijos da Ursa!

Hanah disse...

Olá Angela,

Estou a lhe propor um desafio lá no meu outro Blog SOBRETUDO, embora achar que memes, são os posts que circulam pela blogsfera thinkers...

Abraço

Hanah