segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

A ave que rosna na floresta
(Fonte: Época - Blog do Planeta - dica da amiga Ana de Toledo)

Com penas pretas e jeitão de galinha, o jacamim é um dos personagens mais ilustres do Instituto Floresta Tropical (IFT), no Pará. A instituição ensina práticas de extração de madeira que não destroem a floresta, conhecidas como manejo florestal. A ave é mascote dos engenheiros florestais e técnicos do IFT. Ela segue os instrutores e alunos pelas trilhas de mata, e até assiste às aulas em uma sala que é grande fonte de inspiração para quem luta para salvar a Amazônia. Cercada por árvores de até 30 metros de altura, sem paredes ou telhado, não tem cenário melhor para um jacamim aparecer como bichinho de estimação.
E para os mal-intencionados que se aproximam sem avisar, a ave dá o seu recado:
“Grrrrrrrrrrrrrrrrrrr”, rosna tal qual um cão de guarda, deixando as penas arrepiadas. Apesar do jeito invocado, o jacamim adora receber um carinho na cabeça e é extremamente dócil. Aliás, um problema para a sobrevivência da espécie. Aves de grande porte e dóceis são sempre as primeiras a serem extintas quando o ser humano começa a colonizar uma região. Basta lembrar do pássaro dodô das ilhas Maurício e a ave-elefante de Madagascar, ambas extintas.
Os jacamins geralmente vivem em bando na floresta, mas esta ave solitária que mora em um remanescente de floresta de Paragominas, no Pará, parece ter adotado os alunos do IFT como bando. Uma triste realidade em uma região onde a floresta desaparece a cada dia.
Dados do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe) revelaram esta semana que o desmatamento voltou a crescer. A taxa ainda é pequena, apenas 3,8%, mas já é um alerta para quem acreditava que o fantasma da devastação estava sob controle na Amazônia.
(Juliana Arini)

5 comentários:

Gená F. disse...

Grrrrrrrrr para essa devastação ...
Não conhecia a ave,
Beijos de boa semana!

ana de toledo disse...

Tô coma Gená:grrrrrrrrr.
Beijão querida

Angela Ursa disse...

Gená e Ana, podiam colocar várias aves dessas tomando conta das florestas. Além de rosnar, elas podiam bicar aqueles que desmatam ou fazem queimadas. Beijos floridos e carinho da Ursa :))

greentea disse...

copiei seu post ! e se pudesse roubava o jacamim , q por cá bem falta faz...

Angela Ursa disse...

Greentea, se pudesse, a Ursa mandava um Jacamim para você :)) Beijos!