quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

O carro que não polui !!

Carro movido a ar-comprimido chega ao mercado
(notícia de 30/05/2007 - Redação do Site Inovação Tecnológica)
(Mais notícias)

ASSISTA VÍDEO SOBRE ESSE CARRO. CLIQUE AQUI

Estão chegando ao mercado os primeiros carros movidos a ar-comprimido. Pelo menos ao mercado da Índia, onde a MDI International, pertencente a Guy Négre, ex-engenheiro da Fórmula 1, fechou um acordo com a maior fabricante de automóveis do país, a Tata Motors.
Négre é o responsável pelo projeto do MiniCat e do CityCat, dois pequenos veículos com carroceria em fibra de vidro e cujo motor funciona unicamente com o ar-comprimido armazenado em um tanque muito parecido com o tanque de gás natural já largamente utilizado no Brasil.
A empresa planeja produzir 6.000 unidades do carro a ar já em 2008, em diversas versões. A carroceria de fibra não é o único fator responsável pelo baixo peso do veículo, que viabilizou a utilização do motor a ar: uma tecnologia de multiplexação permite que todos os equipamentos elétricos do veículo sejam acionados por um único fio - microprocessadores identificam quando o comando se refere à lâmpada do pisca-pisca ou ao limpador de pára-brisas, por exemplo. Só no chicote elétrico, um dos componentes individuais mais caros de um automóvel, foram economizados 22 quilos.
Os pequenos carros a ar-comprimido atingem velocidades de até 110 km/h, com uma autonomia de 200 quilômetros. O reabastecimento é fácil e rápido, podendo ser feito em poucos minutos em estações dotadas de compressores industriais. Mas o proprietário também tem a alternativa de recarregar o tanque em casa mesmo, utilizando um pequeno compressor embutido no veículo. Nesse caso, a recarga do tanque leva quatro horas.
A Tata Motors tem uma joint-venture com a Marcopolo, fabricante brasileira de carrocerias para ônibus. Não foram divulgadas informações sobre a possibilidade de que o carro a ar-comprimido venha a ser fabricado no Brasil.

7 comentários:

Jôka P. disse...

Ursa, esse homem que está dentro do carro é o Flavio Migliacio ?

Angela Ursa disse...

Jôka, deve ser o primo francês dele :)) Beijos da Ursa

tertulías disse...

Nossa... nao seria necesario na Europa!
Menina, estou com saudades das tuas opinioes... e como vai a vida aí no interior de Sao Paulo? Aqui, nao está acontecendo muito; só muito frio....

janaina de almeida disse...

Ursa,
isso é bom para provar que não precisa só de álcool ou de gasolina para enchre um carro.
Esse exemplo deveria ser seguido por muitos beberrões e beberronas que se enchem do componente químico etílico como se fossem um carro.
Beijos floridos, não etílicos.

Angela Ursa disse...

Ricardo, sabia que aqui no interior de SP tem feito frio nos últimos dias? Um verão invernal, pode? :))
Beijos floridos da Ursa :))

Janaina, no vídeo, eles mostram que o ar que sai do cano de descarga desse carro é mais puro ainda. O carro filtra o ar. Isso é que é invenção maravilhosa!! Beijos floridos da Ursa :))

Luis Enrique disse...

Q maravilhoso esse carro. Eu nunca guiei nem aprendi a faze-lo, não só pq não gosto mas também pq sempre achei q o automovél movido por combustivel foi e é um dos maiores contaminantes da terra. Mas se este carrinho movido por ar-comprimido(que embora não imagine bem como sera isso) chegar a qualquer mercado e, ao mesmo tempo, é baratinho, sou capaz de aprender a guia-lo, adoro !.

BANDEIRAS disse...

Passando para te desejar um bom final de semana e agradecer tuas visitas em meu blog.

Bjs querida.