domingo, 18 de janeiro de 2009




Máscaras do sobrenatural Tamokó, índios Wayana-Apalay (Pará)

Os índios Wayana-Apalay (Fonte: Boletim Iandé)
Vivem no norte do Pará, na região de fronteiras entre Brasil, Suriname e Guiana Francesa. Eles contam que antigamente as malocas indígenas eram grandes e abrigavam muitas pessoas. O piso da maloca era construído bem alto, sobre palafitas, para que todos ficassem protegidos contra animais e outros inimigos, mas mesmo assim os índios sentiam medo.
Um dia os índios Wayana saíram para caçar e se esconderam esperando a caça. Aí apareceram os Tamokós. Eram muitos, pareciam gente e comiam frutinhas do mato. Os índios fugiram para a aldeia e contaram a todos o que viram. No dia seguinte mais índios voltaram à mata e de novo viram os Tamokós, que desta vez estavam enfeitados, comendo suas frutinhas.
Um dos caçadores flechou o menor dos Tamokós e os outros fugiram. Então um dos Tamokós viu os índios, voltou, comeu um deles, começou a cantar e foi embora.
Os Wayana fugiram para a aldeia e combinaram de fazer as pazes com os Tamokós. Um pouco depois um dos Tamokós veio até a aldeia e disse que se fossem amansados não deixariam nada de mau acontecer à aldeia, mas que se fossem flechados de novo iriam destruir todas as malocas. Então um pajé cantou e os Tamokós e os Wayana ficaram amigos.
A partir de então, antes da construção de uma nova casa, era realizada a Festa da Cumeeira, onde os Wayana vestiam-se como os Tamokós e cantavam e dançavam.
O rosto da máscara Tamokó é feito com fibras de arumã cobertas de cera de abelha e pintado de barro branco e a tinta de uma pedra vermelha. O corpo é feito de fibras das cascas da árvore atê e em alguns casos decorado com fios de algodão.

8 comentários:

Janaina disse...

Adorei a história. Amizade, respeito e reverência.
Beijos!!

Angela Ursa disse...

Janaina, as histórias indígenas são muito bonitas sim. Beijos da Ursa :))

Gená F. disse...

Muito bacana a história, os ornamentos.
Beijos!

luzdeluma disse...

Noooooooosa, canibais?? Uma lenda, né? Até eu teria medo!! Boa semana! Beijus

Angela Ursa disse...

Gená, eu também adorei as máscaras. Beijos!

Luma, pois é, ainda bem que é lenda :)) Beijos da Ursa

BANDEIRAS disse...

Trabalho perfeito !

Bjs

janaina de almeida disse...

Ângela, já pensou se fosse verdade, até me arrepiei.
Fora isso gostei das máscaras e do leão tomando conta da floresta da Ursa,beijos.

Tat Wam Asi disse...

Como diz o António Lobo Antunes.."dois homens quando são homens estão condenados a entenderem-se".

Beijinho Ursa!