quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Sementes Pankararu
(Fonte: Índios On line)

"Temos muitas sementes como a mucunã, imburana de cheiro, licuri, meirú, angico, jatobá e etc.

A mucunã para nós pankararu tem um certo valor, pois a usamos para cura de feridas em animais, para nos protegemos de invejas e é usada também como simpatias contra câimbras nas penas e outros lugares do corpo, e em torno de 100 anos atrás foi utilizada com fonte de alimento, de acordo com alguns preparos tradicionais, pois a mesma é venenosa.
A imburana de cheiro, usamos ela, para fumar e fazer limpezas espirituais em nossos rituais sagrados, e usamos também em nossa medicina para cura de algumas doenças como: sinusite, gripe, dor de barriga e outra mais.

O licurizeiro no meu ponto de vista para o pankararu, tem maior valor, pois é de seu fruto (licuri) que vem a matéria prima para fazer o beiju, e de seu caule se tira o bró, que fonte de alimentação, óleo para temperar nossas comidas e usar no cabelo. É também do licurizeiro que tiramos a matéria prima para nossos artesanatos como: vassoura, bolsas, chapeis, tapetes, arupembas (espécie de peneira), esteiras e até mesmo a roupa dos nossos encantados leva um pouco da matéria prima. E quando ele esta novinho cheio de água, essa água serve com um colírio para prevenir e ameniza a catarata.
O meirú é muito utilizado para fazermos artesanatos e por nos nossos maracás que são peças sagradas para nosso povo e acho que para todos os povos indígenas. O angico usa a semente e a casca para fazer veneno (ou seja, defensivo contra pragas) como se us a casaca como corantes naturais no tigimento de couro e fibras. O jatobá é usado como matéria prima para nossos artesanatos e sua resina para fumar e fazer limpezas espirituais em rituais sagrados.

O Cansanção: É uma planta muito importante em nossa tradição, ela é utilizada para retirar ou afastar o mau. Sua raiz é utilizada em beberagens para gripe e suas folha como anti-toxicante.

O Pião brabo: Esta planta é utilizada para cicatrização e seu leite combate picadas de cobras. Sua semente afasta mal olhado.

A Quixabeira: Esta árvore é forte e resistente e tem longa vida, quem a planta em seu terreiro também tem herda essas propriedades.
Suas propriedades medicinais: são antiinflamatórios e ajuda a controlar a pressão arterial.

O velande: alem de ser ultilizado como ante-intócxocante é ultilizado nas praticas de cura pelas curandeiras, tanto as folhas quanto seu seiva, é tambem cicatrizante de ferimentos.
Temos sementes muito importantes em nossa tribo com diversos valores para nós pankararu, fazemos doação de um semente muito importante para nosso povo,

não só da semente, mais de um pouco do conhecimento e valores simbólicos e sagrados do povo pankararu."

(Texto por: Noberto (cõanpank)
coan@indiosonline.org.br
Sandra Monteiro (sandrapank)
Sandra_monteiropank@yahoo.com.br )

7 comentários:

Jôka P. disse...

Lembra de uma moda que tinha bem antigamente em que a gente misturava pó de sementes de urucum com óleo Johnson e passava no corpo pra se bronzear na praia, Angela? Você pegou esse tempo
"pós Raito de Sol",em que nem se pensava ainda em usar filtros solares ?
Bjs!

BANDEIRAS disse...

Nossa ! urucum ? já usei há muitos anos.....

Bjs linda e bfs

Angela Ursa disse...

Oi, Jôka!
Eu me lembro disso sim, inclusive cheguei a usar. Nessa época, o pessoal usava várias coisas para ficar bronzeado, inclusive óleo com beterraba, pode? Tinha cheiro de salada (risos)
Beijos da Angela Ursa

Bandeiras, urucum é a semente mais famosa mesmo :)) Beijos!

DE-PROPOSITO disse...

Tudo plantas que desconheço. E que não existem por aqui.
Fica bem.
Felicidades.
Manuel

BANDEIRAS disse...

Olá,

Muito legal essas tuas dicas de remédios caseiros, gosto sempre de tomar cházinhos.

Bom fds prá ti

Bjs

Angela Ursa disse...

Manuel, seja sempre bem-vindo. Abraços florestais da Ursa :))

Bandeiras, eu também gosto de chá, mas no verão, por causa do calor, eu tomo pouco. Beijos!

janaina de almeida disse...

Quero uma semente dessas contra inveja e amu olhado.
Beijos floridos.