terça-feira, 17 de abril de 2007

GUARAPIRANGA - Em tupi-guarani essa palavra significa garça vermelha. A represa
de Guarapiranga só existe há pouco mais de oitenta anos. Antigamente toda a área era habitada apenas por índios tupis-guaranis. Com o tempo os brancos foram se apoderando das terras dos índios para instalar suas fazendas de criação de gado. Aos índios restaram apenas três aldeias, que existem até hoje: uma no bairro de Barragem em Parelheiros, outra no Cupurutu, também em Parelheiros, e a terceira em Embu-Guaçu. Essas pequenas comunidades indígenas vivem do artesanato (Fonte da imagem e do texto: site Pêra Náutica)
__________________________________________________

Da Agenda Indígena de São Paulo
(Fonte: Lista de Literatura Indígena)
17 de abril – Terça Feira

Mesa de Discussão: Antropólogos, Indigenistas e Indígenas em São Paulo.

Local: Escola de Sociologia e Política de São Paulo
- Horário: 10:00 as 12:00. Exposição Fotográfica.
Exposição e venda de artesanatos indígena
. Convidados: Prof. Dr Lucia Helena Rangel – antropóloga PUC; Selma Gomes – indigenista – Comissão Pró Índio; Timóteo Wera Poty – Cacique da Aldeia Tenondé Porá; Manoel Alexandre Sobrinho (Bento) – Liderança Pankararu. Coordenador responsável: Thiago.

18 de abril – Quarta-Feira

Mesa de Discussão: Saúde Indígena em São Paulo
Local: Sinsaude – Sindicato dos Trabalhadores da Saúde - Horário: 19:00 as 21:00
Exposição fotográfica
Convidados: Paulo Sellera – Assessor Indígena – Funasa SP; Dra Carla Cisotto – Saúde Indígena - SMS; Maria do Rosário – auxiliar de enfermagem indígena
; Eunice Guarani – Jaraguá – Agente de Saúde Indígena. Coordenador responsável: Myrian Hess.
18 de abril – Quarta-Feira

Mesa de Discussão: Educação Indígena em São Paulo - Local: Ação Educativa
Horário: 10:00 as 12:00 - Exposição Fotográfica - Exposição e venda de artesanatos. Convidados: Deusdith Campos Velloso – NAI; Edna Ferreira – coordenadora CECI Krukutu; Joel Guarani – Professor Aldeia Jaraguá; Alunos do Projeto Pindorama. Coordenador responsável: Myrian (9230 9911 – miryamhess@netjudaica.com.br)

Mesa de Discussão: Indígenas nas Empresas

Local: Fiesp - Horário: 19:00 as 21:00 - Atividades artísticas de canto e dança: Pankararu / Pankararé / Kariri-Xocó / Fulni-ô - Exposição fotográfica

Convidados: Eurico Sena – liderança Baniwa; Rejane Aparecida Silva – Pankararu; Sátiro Terena – Liderança Terena; Marcos Aguiar – ONG Opção Brasil / Índios na Cidade; Caio Magri – Instituto Ethos; Flávio Taioli – IBD Instituto Brasileiro da Diversidade. Coordenador responsável: CIM-Diversidade / Ava.

19 de Abril – Quinta-Feira
- Ato de Encerramento
Local: Prefeitura Municipal de São Paulo - Horário: 15:00 - Leitura da Carta Indígena de São Paulo -Atividades artísticas de canto e dança: Pankararu / Pankararé / Kariri-Xocó / Fulni-ô. Exposição fotográfica. Leitura da Carta no lançamento Prêmio Culturas Indígenas.
Coordenador responsável: CIM-Diversidade / Comissão dos Indígenas de SP.
29 de Abril – Domingo
- Leitura da Carta Indígena e Divulgação da Agenda Indígena.
Local: Festa Anual Indígena – Real Parque - Horário: 10:00 as 17:00.

4 comentários:

Kristal disse...

Tenho um namorado lindo e rico que foi prefeito de Guarapiranga.
beijos kristalinos !

Angela Ursa disse...

Kristal, então, na época em que ele era prefeito, imagino que você andou passando uns tempos por lá, em alguma fazenda :)) Beijos da Ursa!

luma disse...

Angela, lembra do Caso Guarapiranga? Credo, eu morria de medo de passar por lá! Beijus

Angela Ursa disse...

Luma, eu não me lembro do Caso Guarapiranga. Agora, fiquei curiosa. Vou pesquisar a respeito. Beijos da Ursa! :))